Melhores editores de fotos gratuitos e online

Melhores editores de fotos gratuitos e online

Por Guadalupe Carniel | Editado por Bruno Salutes | 11 de Julho de 2021 às 21h30
Christian Wiediger/Unsplash

Quando pensamos em editores de fotos, o Photoshop é o primeiro programa que vem à cabeça. Mas, apesar de ter recursos bastante avançados, o preço não é tão atraente assim. Além disso, algumas dessas ferramentas pagas exigem um prévio conhecimento, o que pode não ser tão interessante para iniciantes.

Mas nem por isso não existem soluções gratuitas online, com diversas funções, como melhorar a qualidade das suas imagens, adicionar efeitos, entre outros. Separamos para você plataformas de edição que permitem que sejam feitas edições rápidas e poderem ser ótimas soluções. Confira nossa lista abaixo!

befunky

O befunky é ideal para quem deseja criar colagens e fazer edição de fotos, mas não tem conhecimentos aprofundados na área. Seus recursos são bastante intuitivos e seu visual bastante amigável.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

As principais ferramentas estão bem expostas e, entre elas estão: recorte e redimensionamento de imagens, retoques para pele, como manchas e espinhas, transformar suas fotos em cartoons, remover ou acrescentar fundos, borrar imagens, acrescentar textos e filtros.

A ferramenta é gratuita e basta se cadastrar com o e-mail para criar a sua conta e começar a usá-la para editar suas fotos.

O site do befunky é bastante amigável e intuitivo para editar suas fotos (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Canva

O Canva tem se tornado um dos editores mais populares por já conter diversos formatos prontos, bastando escolher qual será a finalidade, se para uma publicação nas redes sociais, criação de um cartaz de evento, convites, pôsteres, logos, documentos e até mesmo currículos.

Além disso, ele pode ser usado para editar fotos, apesar desta não ser sua função principal; daí os recursos limitados, mas que podem ajudar em edições rápidas, como contraste, ajuste de brilho, nitidez, saturação e ferramentas gráficas, como inserção de textos.

Para começar a utilizá-lo, basta se inscrever com o seu e-mail. Você pode armazenar suas imagens na nuvem do Canva, que fornece 1GB de espaço ou baixá-las. Além da versão gratuita, a plataforma também fornece duas categorias pagas: a Pro (R$ 319,90/ano) com mais templates, espaço em nuvem e ferramentas e a Enterprise (R$110,00/mês), uma solução voltada para empresas.

O Canva é bastante utilizado por quem cria design para redes sociais por ter templates prontos (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Photopea

O site tem a interface idêntica ao Photoshop, portanto, se você gosta e tem familiaridade com este serviço, o Photopea pode ser uma ótima solução gratuita. Ele possui diversas ferramentas, das mais básicas às avançadas, além de suportar arquivos dos mais diversos, como PSD, AI, XD, skretch, PDF, JPEG, PNG entre outros.

Mas se você não tem intimidade com o Photoshop e se assustou com a quantidade de ícones, não se preocupe: o Photopea tem tutoriais no próprio site (apenas em inglês) para explicar como utilizar e aplicar cada recurso. No site é possível cortar, aplicar filtros, remover manchas, mudar cores, fazer seleção de objetos e aplicar camadas, assim como no editor da Adobe.

O serviço é gratuito e não é necessário realizar nenhum castro, basta abrir o site para começar a utilizar. Além disso, ele possui uma extensão para o Google Chrome.

O Photopea além da interface bastante parecida com o Photoshop, conta com muitas ferramentas semelhantes (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Pixlr

O Pixlr, assim como o Photopea, tem recursos bem semelhantes ao Photoshop e, ao abrir o site, você pode ver duas categorias de uso: a primeira que é Pixlr X, com 12 recursos disponíveis para edições rápidas e, o segundo Pixlr E, com 24 funcionalidades mais profissionais.

Na versão Pixlr X você encontra ferramentas para cortar imagens, aplicar filtros e camadas. Já no E além das funções do X, conta com varinha mágica, borracha, adesivos, inserção de textos e seleção de objetos e pessoas. Você pode subir as imagens em diversos formatos e, além disso, através de links.

Além da versão gratuita, que contém anúncios, há duas modalidades pagas, sem anúncios, sendo: Premium (R$27,00/mês) que oferece recorte para imagens em IA, adesivos extras, textos, modelos de templates prontos e a opção Creative Pack (R$85,00 mensais) que, além dos extras do Premium, há 10 milhões de Gráficos, Modelos, Fontes, Fotos, Vídeos e Arquivos 3D para serem utilizados.

O Pixlr, assim como o Photopea tem ferramentas bem parecidas com o Photoshop (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Fotor

O Fotor conta com recursos básicos, mas bastante eficientes, ideais para quem está iniciando em edição de fotos. Ele conta com recortes, ajustes de cor, brilho, filtros, permite que sejam retiradas manchas e olhos vermelhos, duplicar objetos.

Além disso, o que o torna interessante é o fato dele possuir efeitos pré-definidos, bastando alguns cliques para utilizar diversos recursos na sua imagem. A interface do site é bastante amigável e lembra bastante a do Canva, então, para quem gosta de usá-lo, o Fotor pode ser uma boa opção para explorar mais recursos para edição de fotos.

Ele também conta com versões premium: a Pro (R$50,00/mês) com mais recursos como templates, estilos de fontes, banco de imagens, ferramentas e sem propagandas, ao contrário da versão gratuita; e a Pro+ (R$105,00/mês) com os mesmos recursos, mas em quantidade muito maior.

O Fotor é um ótimo editor de imagens para iniciantes (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

E você? Utiliza alguma destas ferramentas para fazer edição de imagens? Qual é a sua favorita? Comente abaixo!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.