Celular novo? Confira 10 ajustes que precisam ser feitos

Celular novo? Confira 10 ajustes que precisam ser feitos

Por André Lourenti Magalhães | Editado por Guadalupe Carniel | 12 de Dezembro de 2021 às 19h00
Jonas Leupe/Unsplash

Seu celular novo finalmente chegou? A ansiedade para usá-lo pode ser grande, mas é necessário fazer alguns ajustes importantes que envolvem medidas de segurança, sincronização de dados e a transferência de arquivos do seu dispositivo antigo.

Logo após ligar o seu aparelho pela primeira vez, Android e iOS oferecem uma configuração inicial guiada para criar ou vincular contas, conectar a uma rede Wi-Fi e transferir dados. Após esse processo, alguns outros ajustes precisam ser feitos para facilitar a transição entre os aparelhos. Dessa forma, você poderá aproveitar os novos recursos do seu celular com mais tranquilidade após seguir essas dicas. Confira!

1. Defina formas de bloqueios e senhas

A segurança do aparelho é extremamente importante para evitar o acesso a dados pessoais e informações sensíveis. Por isso, no seu celuar novo, é necessário definir senhas para poder desbloquear o celular. As opções mais comuns são por PIN, senha numérica ou código por padrão, mas muitos aparelhos disponibilizam o desbloqueio da tela por leitor biométrico ou identificação facial.

Configure uma senha de acesso ao novo celular (Captura de tela: André Magalhães)

A biometria também pode ser usada para validar acesso em aplicativos de bancos e outras categorias, substituindo a sua senha tradicional. No iOS, essa configuração pode ser feita em “Ajustes” > “Touch ID”. No Android, o caminho é “Configurações” > “Biometria e segurança”.

2. Configure assistentes virtuais

A sua rotina pode ser simplificada com a ajuda dos assistentes virtuais: além dos comandos de voz, possuem recursos para automatizar sequências de atividades pelo seu celular. Dessa forma, é possível solicitar um resumo com as informações importantes do seu dia, controlar dispositivos inteligentes da sua casa, entre outras opções.

Faça ajustes em seu assistente virtual (Captura de tela: André Magalhães)

Google Assistente e Siri são as opções nativas do Android e iOS, respectivamente, com a configuração simplificada em celulares novos. Há, ainda, a possibilidade de utilizar o aplicativo da Alexa (Android | iOS) ou a Bixby, assistente virtual encontrada em smartphones da Samsung.

3. Transfira seu backup

Recuperar os conteúdos do aparelho antigo é uma das tarefas mais importantes a serem feitas no celular novo. Para a tranquilidade dos usuários, esse processo é simplificado com a ajuda de backups ou apps de transferência. Não há a necessidade, por exemplo, de instalar um aplicativo por vez.

Transferir arquivos ajuda a facilitar a experiência com o novo celular (Captura de tela: André Magalhães)

As principais interfaces oferecem aplicativos próprios para configurar a transferência de dados como imagens, vídeos, apps e históricos de mensagens. Há o Smart Switch (Android), da Samsung; Mi Mover (Android), da Xiaomi; e o Migrar para iOS (Android), utilizado na configuração inicial de um novo iPhone.

4. Configure um destino para as fotos

A galeria tradicional, com álbuns apenas para cada pasta do seu dispositivo, virou coisa do passado. Aplicativos como o Google Fotos (Android | iOS) e o Fotos (iOS) organizam suas fotos e vídeos de forma inteligente, com a possibilidade de reconhecer e agrupar conteúdos por datas, pessoas e lugares. Além desses métodos que ajudam na busca por fotos antigas, os apps também enviam lembranças automáticas.

Organize a sua biblioteca de imagens no seu novo celular (Captura de tela: André Magalhães)

Portanto, lembre-se de configurar esses aplicativos ao usar um novo celular. Ambos também oferecem opções de backup e sincronização das suas fotos e vídeos: no caso do Fotos, são armazenados no iCloud, enquanto o Google Fotos utiliza a sua conta do Google para disponibilizar o backup.

5. Vincule suas contas

Para facilitar a transição entre aparelhos, muitas informações são armazenadas em sua conta do Google ou ID da Apple. Isso inclui logins, lista de favoritos em navegadores, arquivos armazenados em nuvem, blocos de notas e muitas outras opções relacionadas a aplicativos nativos do seu sistema operacional.

Acesso as contas pode ser feito na configuração inicial do celular novo (Captura de tela: André Magalhães)

Se você não trocou o seu sistema operacional, é recomendável vincular o acesso com a sua conta anterior. Além de concentrar as informações em um só lugar, evita a criação de novos logins para aplicativos que já eram utilizados anteriormente.

6. Habilite a função para encontrar seu aparelho

Ninguém quer perder o celular logo após a compra, não é mesmo? Para isso, é muito importante ativar as funções de localização do seu dispositivo. Dessa forma, em caso de perda ou roubo, é possível encontrá-lo, desde que ainda esteja ligado. Essa função ainda pode ser usada em casos menos extremos: ao perder o seu celular em casa, há um recurso para emitir um alerta sonoro e facilitar a busca.

Ative as funções no seu novo aparelho (Captura de tela: André Magalhães)

No Android, essa função é realizada pelo "Encontre meu dispositivo" e vinculada à sua conta do Google. No iOS, a configuração é feita nas preferências de segurança do aparelho com a função "Buscar iPhone".

7. Configure seu SIM

Alguns ajustes podem ser feitos apenas com uma conexão a uma rede Wi-Fi. Por outro lado, é preciso configurar o seu cartão SIM no novo celular para poder acessar dados móveis, contatos e chamadas telefônicas. Além disso, com o SIM inserido, muitas operadoras adicionam aplicativos e funções próprias para o seu celular, facilitando o uso.

Faça os ajustes do seu cartão SIM no celular novo (Captura de tela: André Magalhães)

Na tela de configurações de ambos os sistemas operacionais, é possível conferir informações sobre a rede de dados móveis e incluir limites para o uso de dados. Além disso, para usar apps de mensagens como o WhatsApp, é necessário validar o número do seu celular.

8. Ative as atualizações automáticas

Você já fez as configurações iniciais e instalou os seus aplicativos mais usados. Para manter o bom funcionamento do seu novo aparelho, é muito importante que esses apps estejam atualizados com a versão mais recente. As atualizações são importantes para acessar novas funções, corrigir bugs e implementar ferramentas de seguranças para cada programa instalado.

Ative atualizações automáticas no novo celular (Captura de tela: André Magalhães)

Nesse cenário, é recomendável acessar a App Store ou Google Play Store e conferir se a atualização automática de apps está ativada em conexões por Wi-Fi. Dessa forma, o próprio sistema do aparelho buscará por novas versões e manterá os seus aplicativos atualizados.

9. Conecte dispositivos Bluetooth

O uso de dispositivos com Bluetooth é muito comum: fones de ouvido, caixas de som, smartwatches, smartbands e sistemas automotivos são alguns aparelhos que não precisam de conexão por fio. Para agilizar o seu dia, reserve um tempo para pareá-los com seu celular. Dessa forma, a conexão será automática quando ligá-los.

Mantenha dispositivos conectados ao celular novo (Captura de tela: André Magalhães)

Na tela das configurações de Bluetooth do seu celular, é possível visualizar a lista de dispositivos pareados e ajustar a conexão rapidamente. Além disso, algumas conexões também podem exibir o nível de bateria do dispositivo.

10. Autorize o novo aparelho em apps

Ao abrir um aplicativo pela primeira vez, pode ser necessário autorizar o acesso pelo novo dispositivo. Em alguns casos, essa medida envolve apenas a verificação por dois fatores, com código enviado por e-mail ou SMS. Para alguns aplicativos de banco, por outro lado, a autorização precisa ser feita diretamente no caixa eletrônico para validar transferências e outras operações.

Aplicativos de bancos precisam de autorizações em celulares novos (Captura de tela: André Magalhães)

Portanto, é recomendável reservar um tempo para validar todos os aplicativos de uma vez. Durante um momento de imprevisto, você não precisará se preocupar com autorizações e poderá utilizar todas as funções disponíveis do app.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.