Galaxy Watch Active 4 deve estrear processador de 5 nm e 'TizenWear OS'

Galaxy Watch Active 4 deve estrear processador de 5 nm e 'TizenWear OS'

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 20 de Maio de 2021 às 07h00
Divulgação/Samsung

Já é praticamente certo que a Samsung vai lançar dois modelos diferentes de smartwatches ainda em 2021, sendo um mais tradicional, a ser chamado (possivelmente) Galaxy Watch 4, e outro com foco nos praticantes de exercícios físicos, que deve chamar Galaxy Watch Active 4.

Novas informações sobre este segundo surgiram na internet nesta quarta-feira (19), por meio do informante Ice Universe, que listou cinco características do relógio. A publicação foi complementada por Roland Quandt, outro perfil com boas fontes internas e alta taxa de acertos sobre dispositivos ainda não lançados.

Segundo o perfil do Twitter, o Galaxy Watch Active 4 vai trazer o Wear OS com modificações da Samsung, em uma interface mais amigável a quem está habituado ao Tizen OS, terá um novo processador de 5 nm para relógios, vidro 2D (em vez de 2,5D), borda muito fina e caixa com textura “excelente”, “suspeita de ser liga de titânio”. A esta última informação, Quandt complementou que será “um modelo de alumínio e outro de aço inoxidável”.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ainda não ficou muito claro qual será a principal diferença entre o Galaxy Watch 4 e o Watch Active 4, mas considerando os relógios lançados pela Samsung recentemente, é possível imaginar que o primeiro terá uma coroa giratória física, enquanto o segundo deve contar com o recurso na tela, apenas.

O que esperar do Galaxy Watch 4

De acordo com as informações vazadas sobre o novo relógio da Samsung, a próxima geração deve substituir o sistema operacional Tizen pelo Wear OS, do Google, em um reforço da parceria entre as duas empresas, conforme anunciado durante a I/O 2021.

Além disso, o Galaxy Watch 4 deve estrear o monitoramento do nível de glicose no sangue com uma tecnologia baseada na espectroscopia Raman, uma técnica fotônica que consegue obter informação química e estrutural de diversos materiais, soluções ou compostos, utilizando luz. Ou seja, o smartwatch poderia medir a glicose no sangue sem precisar entrar em contato direto com ele.

Rumores apostam que os relógios serão lançados ainda no segundo trimestre deste ano. A Samsung ainda não se pronunciou oficialmente sobre o dispositivo.

Hands-on do Galaxy Watch 3

Fonte: Ice Universe, Roland Quandt

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.