Xiaomi 12S e Mix Fold 2 ganham certificação com recarga de 67 W

Xiaomi 12S e Mix Fold 2 ganham certificação com recarga de 67 W

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 03 de Junho de 2022 às 09h44
Divulgação/Xiaomi

Dois novos celulares da Xiaomi acabaram de ganhar homologações no órgão regulamentador chinês 3C. Tratam-se dos modelos Xiaomi 12S e do Mix Fold 2, que devem ser lançados em breve pela marca.

Certificação mostra recargas de 67 W (Imagem: GSMArena)

Xiaomi 12S

O celular foi identificado com o código de modelo 2206123SC, e terá suporte para recarga de 67 W por meio do adaptador MDY-12-EF também presente na certificação.

Xiaomi 12S já teve visual revelado anteriormente (Imagem: Weibo)

Outros detalhes técnicos do dispositivo não foram revelados, mas ele deverá trazer o Snapdragon 8 Plus Gen 1 como principal componente de desempenho. Ademais, o aparelho poderá contar com uma tela OLED de 120 Hz e câmera principal de 50 MP.

Também é esperada uma versão Pro do Xiaomi 12S, disponível com Snapdragon 8 Plus Gen 1 ou Dimensity 9000. De acordo com rumores anteriores, ele terá um display AMOLED de 6,55 polegadas e tecnologia LTPO 2.0 para taxa de atualização variável.

Este modelo ainda deverá trazer câmera principal de 64 MP, junto a outros sensores de 16 MP e 8 MP. A bateria do aparelho poderá ser de 4.500 mAh, com o mesmo carregamento de 67 W.

Xiaomi Mix Fold 2

Xiaomi Mix Fold 2 chegará para competir com o Samsung Galaxy Z Fold 4 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A segunda geração do dobrável da Xiaomi também foi certificada com suporte para recarga de 67 W, mas outros detalhes do dispositivo não foram confirmadas na documentação.

O Xiaomi Mix Fold 2 deverá trazer taxas de atualização mais altas nos dois displays: atualmente, o celular é limitado a 90 Hz no painel externo e 60 Hz no interno. Além disso, a marca pode implementar a tecnologia LTPO que permite o refresh rate variável dependendo do conteúdo mostrado.

Espera-se que seu processador também seja o Snapdragon 8 Plus Gen 1, plataforma recentemente anunciada pela Qualcomm. Outras mudanças esperadas para o dobrável incluem melhorias no tamanho da bateria e suporte para caneta stylus.

O modelo ainda deverá contar com nova estrutura de construção, que o tornará mais fino e leve. Novas dobradiças internas poderão permitir a manipulação do aparelho em 360 graus, algo que seria inédito no mercado de smartphones com tela flexível.

Ainda não foi divulgada uma data oficial para o lançamento dos dois dispositivos, mas o aparecimento em certificações indica que eles podem aparecer já nas próximas semanas.

Fonte: GSMArena, MyDrivers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.