Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

T Phone é celular sem aplicativos que funciona apenas com IA 

Por| Editado por Wallace Moté | 19 de Fevereiro de 2024 às 15h16

Link copiado!

Divulgação/Deutsche Telekom
Divulgação/Deutsche Telekom

Aplicativos para celulares podem virar coisa do passado. Pelo menos é isso que propõe a empresa alemã de telecomunicações Deutsche Telekom — dona da operadora T-Mobile em vários países —, que trabalhou em conjunto com a Brain.ai para desenvolver o que pode ser o primeiro celular que funciona totalmente com inteligência artificial (IA). 

Chamado de T Phone, o aparelho por enquanto não passa de um protótipo. Sua operação deve ocorrer apenas com base em grandes modelos de linguagem (LLM), e as tarefas seriam realizadas com alguns comandos relativamente simples. 

O exemplo mostrado por imagens publicadas pela empresa envolve o agendamento de um voo. Em vez de entrar em um site ou aplicativo correspondente, procurar o voo e agendá-lo no horário e dia certo, bastaria realizar um comando com poucas frases para que o celular realize todas essas etapas sozinho. 

Continua após a publicidade

Trata-se de uma iniciativa parecida com o que faz o gadget Rabbit R1, que foi apresentado durante a CES 2024 nos primeiros dias de 2024. Com ele, é possível realizar grande parte das tarefas que um celular já faz, mas com base em apenas comandos por voz ou texto que a IA interpreta e procura realizar por conta própria. 

Contudo, o Rabbit R1 é um gadget feito para ser utilizado em conjunto com um celular tradicional, e não de forma independente. Por isso, seria preciso sempre levar os dois produtos juntos no bolso, por exemplo. 

Continua após a publicidade

Aí está a suposta vantagem do T Phone, já que o celular é o próprio dispositivo de IA. De acordo com Jon Abrahamson, diretor de produtos na Deutsche Telekom, a ideia é “melhorar e simplificar a vida dos consumidores, por meio de um celular totalmente livre de aplicativos”. 

Por enquanto, a empresa não deu mais detalhes ou fez demonstrações públicas do T Phone, mas já prometeu que o dispositivo será mostrado durante a próxima edição da Mobile World Congress (MWC), que tem início marcado para o dia 26 de fevereiro e acontece em Barcelona, Espanha. 

Além do T Phone, a Deutsche Telekom também pretende anunciar um celular com o processador Snapdragon 8 Gen 3. Contudo, não está claro se ele funcionará da forma tradicional com aplicativos, ou com comandos por IA. 

O chip presente no celular foi anunciado pela Qualcomm no final do ano passado, e traz os recursos de IA entre suas principais novidades. Afinal, eles permitem que a geração de texto e processamento de informações de IA sejam feitos diretamente no componente, e não na nuvem — o que garante mais agilidade e privacidade nas tarefas, incluindo aquelas relacionadas com a edição de fotos e vídeos, por exemplo. 

Continua após a publicidade

A Deutsche Telekom não confirmou quando seus novos dispositivos estarão disponíveis para venda, e se limitou a dizer que “levará tempo até que eles cheguem às lojas”. Por sua vez, o Rabbit R1 já pode ser adquirido em fase de pré-venda em países da Europa e nos Estados Unidos, e as entregas têm início previsto para o mês de março. 

Fonte: Deutsche Telekom