Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Galaxy Z Fold 6 pode sacrificar S Pen por design mais fino

Por| Editado por Wallace Moté | 27 de Novembro de 2023 às 14h34

Link copiado!

Divulgação/Samsung
Divulgação/Samsung
Galaxy Z Fold 6

Um novo rumor sugere que a Samsung pode ter cancelado a proposta de embutir a S Pen no corpo do Galaxy Z Fold 6, dobrável premium em formato de livro da companhia aguardado para 2024, na intenção de tornar o dispositivo mais fino. Ao que parece, a gigante sul-coreana teria "ficado chocada" com os avanços de concorrentes como a Huawei no segmento, optando por priorizar um design mais fino para o Fold de próxima geração.

Faltando cerca de um ano para o lançamento, caso mantenha o cronograma dos antecessores, o Galaxy Z Fold 6 já é assunto de rumores e vazamentos. O aparelho gera grandes expectativas por se esperar que a Samsung traga mudanças de peso para a linha, após três gerações seguidas com pequenas modificações e refinamentos. Mais do que isso, a própria companhia intensificou a espera de entusiastas e fãs ao mostrar no lançamento do Z Fold 5 protótipos variados, com destaque para um modelo com caneta S Pen embutida.

Continua após a publicidade

Frente a essas informações, mais expectativas foram criadas, justamente pelo fato de haver críticas à forma como os dobráveis da empresa lidam com a caneta stylus — é preciso comprá-la separadamente, usando capas para mantê-las fixadas ao telefone. No entanto, se o novo rumor divulgado pelo renomado leaker Revegnus estiver certo, a Samsung pode ter abandonado a iniciativa de embutir a S Pen novamente, na busca por fazer do Z Fold 6 um aparelho mais fino.

A mudança repentina teria um motivo curioso: segundo o informante, a marca sul-coreana teria "ficado chocada" com a baixíssima espessura atingida pela Huawei com seu dobrável mais recente, o Mate X5. Lançado em setembro de 2023, o celular flexível da gigante chinesa impressionou por medir apenas 11,1 mm de espessura quando fechado, ou inacreditáveis 5,3 mm quando aberto. A conquista seria atingida sem nem mesmo sacrificar a bateria, que possui 5.060 mAh de capacidade.

É fácil entender a razão do "choque" dos executivos da Samsung: lançado no mesmo período do rival da Huawei, o recente Galaxy Z Fold 5 possui 13,4 mm de espessura quando está fechado, e 6,1 mm quando está aberto, e ainda assim traz uma bateria muito menor, com apenas 4.400 mAh. Apesar de não ter o alcance global da sul-coreana, o Huawei Mate X5 gerou impacto suficiente na mídia e até entre consumidores mais entusiastas para causar pressão na linha Z Fold.

Continua após a publicidade

Revegnus sugere que, se não levou ao cancelamento, o novo objetivo da Samsung de tornar sua próxima geração de dobráveis mais fina ao menos reduziu a possibilidade de vermos a S Pen ser embutida no corpo do celular. Outro ponto importante que não chega a ser citado pelo leaker é a situação da bateria diante do novo plano. Para chegar aos 5.060 mAh, a Huawei precisou apostar em novos componentes que aumentaram a densidade, caminho que não é impossível, mas pouco provável de vermos a sul-coreana seguir.

Como ainda estamos a pelo menos um ano do lançamento do Galaxy Z Fold 6 — que deve estrear em setembro, caso siga o calendário dos antecessores —, é provável que a Samsung mude os planos novamente, ou mesmo consiga desenvolver um projeto que una ambos os objetivos de forma mais equilibrada. Vai ser preciso esperar por novos vazamentos para sabermos a trajetória que será tomada pela gigante. No fim das contas, a boa notícia é que a marca parece estar ciente das críticas, e deve finalmente trabalhar para corrigi-las.