Samsung “mata” câmeras do Galaxy Z Fold 3 com bootloader desbloqueado

Samsung “mata” câmeras do Galaxy Z Fold 3 com bootloader desbloqueado

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 24 de Agosto de 2021 às 15h03
Samsung

Quem comprou um Galaxy Z Fold 3 e gosta de desbloquear o bootloader dos aparelhos para fazer modificações que o sistema oficial não permite nativamente vai ter uma má notícia ao tentar realizar o procedimento em seu novo celular. Isso porque a Samsung agora tem uma nova forma para tentar convencer os usuários a não fazer isso — as câmeras do dispositivo são completamente inutilizadas após o destravamento.

Normalmente, desbloquear o bootloader de um dispositivo Galaxy já não é uma tarefa muito simples: o sistema de segurança Knox faz com que, além da perda da garantia, o usuário também não consiga utilizar o Samsung Pay — carteira digital da fabricante sul-coreana. Agora, as câmeras também entram na lista de recursos que são desativados após o procedimento.

A descoberta foi feita por dois membros do fórum XDA Developers. Ao tentar desbloquear o Galaxy Z Fold 3, eles foram apresentados a uma tela que alerta que todas as câmeras do dispositivo serão desativadas em caso de liberação do bootloader.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Tela de notificação ao desbloquear o bootloader (Imagem: Reprodução/XDA Developers)

Se, mesmo após a notificação, o usuário decidir seguir em frente com o processo, ele verá que a câmera apresenta erros ao ser aberta. A “falha” persiste até em aplicativos de terceiros, que em alguns casos apresentam apenas uma tela preta ou simplesmente fecham após um tempo de tentativa. Outra limitação é que também não será possível utilizar o desbloqueio facial do aparelho — os sensores não são acessíveis nem mesmo para desbloquear a tela.

Desbloqueio do bootloader impossibilita o acesso à câmera (Imagem: Reprodução/XDA Developers)

Os desenvolvedores do XDA descobriram que, após o bloqueio do bootloader, as câmeras voltam a funcionar normalmente, o que indica ser um mecanismo no software. É claro que, com acesso root liberado, é possível encontrar formas de driblar essa limitação ao modificar os parâmetros responsáveis pelo bloqueio da câmera, mas ainda não descobriram como fazer isso até o momento. É importante frisar que um dos desenvolvedores responsáveis pela descoberta também alertou que somente o Magisk, em seu estado padrão, não é capaz de contornar o cenário.

Até o momento, não foi descoberto se isso também acontece com o Galaxy Z Flip 3, mas não é difícil acreditar que os dois dobráveis seguirão o mesmo caminho nesse sentido.

Fonte: XDA Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.