Redmi Note 11: versão global da linha terá seis modelos

Redmi Note 11: versão global da linha terá seis modelos

Por Lupa Charleaux | Editado por Wallace Moté | 01 de Dezembro de 2021 às 11h18
Xiaomi

Após a estreia na China, a Xiaomi prepara o lançamento das versões globais da linha Redmi Note 11. Dados encontrados no Mi Code indicam que a série será composta por seis celulares, sendo que dois deles chegarão ao mercado sob a marca da Poco.

As recentes informações revelam que os novos modelos com o título Redmi Note terão especificações bem semelhantes. Entretanto, dois deles usarão processadores da Qualcomm e o restante terá chip da MediaTek.

A expectativa, segundo o Xiaomiui, é que os dados encontrados sejam relacionados ao Redmi Note 11T Pro, Redmi Note 11S e Redmi Note 11 Pro em sua versão global. Lembrando que os nomes são apenas os esperados dos aparelhos, não havendo confirmação oficial até então.

Modelo K6S listado no Mi Code (Imagem: Reprodução/Xiaomiui)

Redmi Note 11T Pro (K6S)

Usando o codinome "veux", o modelo K6S aparentemente se refere ao Redmi Note 11T Pro. Ao contrário dos outros dispositivos, essa versão chegará ao mercado global e aos consumidores chineses.

Contudo, os sensores principais se diferem em cada região. Embora não tenha sido listado o mercado específico, uma versão terá o Samsung ISOCELL GW3 de 64 MP e a outra variante usará o ISOCELL HM2 de 108 MP.

Ambos os dispositivos trarão um chipset da Qualcomm ainda não especificado. Assim como o Redmi Note 11T, o Note 11T Pro estará disponível na China, Índia, Japão e mercados globais.

Modelo K6P listado no Mi Code (Imagem: Reprodução/Xiaomiui)

Poco M4 (K6P)

Com o codinome "Peux", o modelo K6P registrado no Mi Code tem as mesmas especificações do K6S. Conforme os detalhes encontrados no banco de dados IMEI, a única diferença é que esse dispositivo será vendido com a marca Poco.

Trazendo o mesmo chipset e câmera do Redmi Note 11T, existe a possibilidade do produto receber o nome de Poco M4 ou Poco M4 Pro. Dessa maneira, o smartphone deve chegar a determinadas regiões do mercado global.

Modelo K6T listado no Mi Code (Imagem: Reprodução/Xiaomiui)

Redmi Note 11S (K6T)

Outro dispositivo da linha global do Redmi Note 11, o modelo K6T pode ser batizado como Redmi Note 11S. Atendendo pelo codinome "viva", o celular deve usar um chipset da MediaTek ainda não especificado.

Os primeiros detalhes indicam que o aparelho terá o sensor ISOCELL HM2 de 108 MP como câmera principal. Ademais, os sensores ultrawide de 8 MP (Sony IMX355) e macro de 2 MP (OmniVision OV2A) completam o conjunto.

Modelo K7S listado no Mi Code (Imagem: Reprodução/Xiaomiui)

Redmi Note 11S (K7S)

Outro suposto Redmi Note 11S é o modelo K7S, visto que o modelo K7 era a referência aos antecessores Redmi Note 10 e Redmi Note 10S. Com isso, é possível que os dispositivos tenham visual semelhante quando chegarem às lojas.

Com o codinome "miel", o aparelho deve trazer um conjunto de câmeras formado por um sensor principal de 64 MP (OmniVision OV64B40), um ultrawide de 8 MP (IMX355) e um macro de 2 MP (OV2A).

Também foram encontradas informações sobre a variante "miel_pro". Em destaque, o dispositivo deve ter um sensor de 108 MP (ISOCELL HM2), chipset da MediaTek e tela com taxa de atualização de 90 Hz.

Modelo K7P listado no Mi Code (Imagem: Reprodução/Xiaomiui)

Poco M4 (K7P)

Listado com o codinome "fleur", o modelo K7P traz as mesmas características do K7S. Novamente, a única diferença é que o dispositivo será vendido como um aparelho da Poco em determinadas regiões.

Modelo K7T listado no Mi Code (Imagem: Reprodução/Xiaomiui)

Redmi Note 11 Pro (K7T)

Com o codinome "spes", o modelo K7T promete ser um dos melhores dispositivos da linha Redmi Note 11. As informações indicam que o celular usará um processador Snapdragon da Qualcomm e virá com sensor ISOCELL JN1 como câmera principal.

Ademais, uma variante com o apelido "spesn" foi encontrada no Mi Code. Em especial, o aparelho deve contar com suporte a NFC.

Segundo o Xiaiomiu, todos os aparelhos devem ser anunciados ainda no primeiro trimestre de 2022. Entretanto, o lançamento deve ocorrer em diferentes fases em certos países.

Fonte: Xiaomiui

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.