Qualcomm revela novo processador para smartphones de entrada

Por Redação | 28.06.2017 às 11:17

A Qualcomm revelou nesta quarta-feira (28) seu novo processador Snapdragon 450, voltado para smartphones de entrada e aparelhos de baixo custo. A promessa é de uma melhoria de 25% em termos de performance, principalmente para os usuários que gostam de jogar no smartphone, enquanto a eficiência energética aumenta cerca de 30%.

Produzido em 14 nanômetros, o produto marca, também, a estreia dessa tecnologia na linha 4 de equipamentos da Qualcomm. Vale a pena citar que o novo processador é, na verdade, uma versão remodelada do Snapdragon 625, voltado para celulares de médio padrão, mas que, aqui, aparece repaginado para os dispositivos de entrada.

Isso se traduz em especificações bastante semelhantes, como a presença de uma GPU Adreno 506 e oito núcleos Cortex-A53, cujo clock não foi revelado – no Snapdragon 625, eles rodam a 1,4 GHz. O chipset ainda traz suporte a telas com resolução máxima de 1080p, com o mesmo valendo também para a câmera, capaz de gravar vídeos nesse formato, a 60 fps, e tecnologia QuickCharge 3.0.

O grande destaque, entretanto, é mesmo a eficiência energética, com a Qualcomm levando as inovações feitas no modelo anterior, e também no componente que originou esta linha, adiante. A fabricante diz que, nos testes internos, os aparelhos foram capazes de funcionar por até quatro horas a mais que os anteriores, mesmo com o uso constante de jogos e outras aplicações pesadas. A performance durante a jogatina também se manteve na faixa dos 25%, o que a empresa considera um grande avanço, levando-se em conta as configurações modestas.

Esse ganho tem a ver, principalmente, com a mudança na GPU. Ao deixar a Adreno 505, presente nas versões anteriores, para adotar padrões mais recentes, a Qualcomm mais do que dobra o poder de processamento gráfico disponível, garantindo uma melhor performance mesmo em títulos que, notoriamente, rodam com dificuldade nos smartphones mais modestos.

Nem tudo, porém, é um repeteco. O Snapdragon 450 traz o suporte a tecnologias de leitura de íris, que até o momento estão disponíveis somente em dispositivos de alto padrão. A compatibilidade é completa com o Hello, da Microsoft, por exemplo, e a ideia é deixar para que as fabricantes trabalhem em sistemas de segurança, a nível de software, de forma que a funcionalidade possa chegar também a modelos de porte baixo e intermediário.

Sistemas de duas câmeras também funcionam nativamente, algo inédito na linha de processadores de entrada da Qualcomm, assim como a entrada da tecnologia de carregamento rápido, capaz de levar o aparelho a até 80% de carga em 35 minutos.

Os primeiros dispositivos com o Snapdragon 450 devem chegar ao mercado até o final deste ano. O componente chega, também, para substituir a versão anterior, a 435, que deve deixar de aparecer nos modelos bem em breve.

Fonte: GSM Arena