Philips PH1 é anunciado como celular básico com cara de Honor 50

Philips PH1 é anunciado como celular básico com cara de Honor 50

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 20 de Dezembro de 2021 às 15h50
Reprodução/Tech Androids

Tem quem não precise, ou queira, um celular de última geração, ou cheio de sofisticação. O mercado de entrada serve para atender esse público, e se destaca mais quem oferece bons preços. Com esta ideia, o Philips PH1 está sendo anunciado. É um smartphone que realmente se sobressai por quanto a fabricante está cobrando.

Com o mesmo visual frontal de inúmeros celulares do mercado, ele traz um design de bom aproveitamento de tela com câmera frontal em notch em formato de gota. O display tem 6,5 polegadas e resolução HD, sem alta taxa de atualização.

O design se sobressai quando olhamos para a parte traseira, com módulo de câmeras que lembra o feito pela Honor nas linhas Honor 50 e Honor 60, com grande pílula para abrirar suas duas câmeras e o flash LED. O painel traseiro tem acabamento brilhante, com o nome da Philips centralizado.

Philips PH1 nas cores cinza, vermelho e azul (Imagem: Reprodução/Tech Androids)

Sobre seu desempenho, é esperado também o básico: o chip é um Unisoc Tiger T310. Ele funciona com 4 GB de memória RAM e 32, 64 ou 128 GB de armazenamento interno.

Já sobre bateria, temos 4.700 mAh — tanque supostamente generoso, mas que pode não ter a melhor autonomia já que o processador tem fabricação em processo de 12 nanômetros, quando a indústria já fala em processos de 3 nm.

Sem sinais de suportar carregamento rápido, o Philips PH1 fecha suas especificações com câmera dupla na traseira. O sensor principal tem 13 MP e outro de 3 MP fornece profundidade de campo para modo retrato. A frontal traz 5 MP.

Sobre conectividade, o usuário tem surpresas boas e ruins: a conectividade USB é USB-C e há porta para fones de ouvido com fio. Porém, não há suporte para Wi-Fi de 5 Ghz, e o Bluetooth é 4.2.

As dimensões do Philips PH1 são de 165,5 x 76,5 x 9,5 mm. Pesando 194 gramas, ele sai de fábrica com uma versão não especificada do Android. Este é um cuidado que o possível comprador deve ter — até porque celulares básicos não figuram com frequência na lista de suporte a médio e longo prazo das fabricantes.

Preço e disponibilidade

Os preços do Philips PH1 começam no equivalente a R$ 444 (em conversão direta hoje, 20/12) e vão até R$ 690 a depender do armazenamento interno escolhido. O celular é comercializado nas cores cinza, azul e vermelho — e já está disponível na China.

Fonte: Tech Androids

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.