Os 10 melhores celulares importados de 2017

Por Andressa Neves | 15 de Março de 2018 às 13h13
Tudo sobre

Google

A oferta de smartphones disponíveis no Brasil é grande, mas, infelizmente, alguns modelos robustos acabam não chegando por aqui oficialmente. De qualquer forma, a internet tem facilitado a entrada dos monstros importados através do e-commerce, mesmo que muitas vezes sejam cobradas taxas pouco animadoras.

Seja como for, vale lembrarmos alguns dos melhores celulares importados do ano passado. Confira os modelos e suas especificações.

1. Xiaomi Mi A1

Em setembro de 2017, a Xiaomi aprensentou ao mundo o Mi A1. Com tela Full HD de 5,5 polegadas, o celular importado vem acompanhado de processador Qualcomm Snapdragon 625, 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento interno e bateria de 3.080 mAh. O smartphone traz, ainda, sistema duplo de câmeras de 12 MP. Para as selfies, o sensor é de 5 megapixels.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

2. Sharp Aquos S2

Apesar de ser considerado intermediário, o Sharp Aquos S2 possui características interessantes. Além de sua borda infinita de 5,5 polegadas, a versão mais simples conta com processador Snapdragon 630, bateria de 3.020 mAh, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento. Já a versão mais robusta tem processador Snapdragon 660, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno. Os dois modelos são fabricados com câmera dupla traseira na vertical.

3. Google Pixel 2 XL

Apesar dos problemas que vem apresentando, o Google Pixel 2 XL merece estar na lista entre os melhores celulares importados. O smartphone da Google conta com tela de 6 polegadas e resolução de 2880 x 1440 pixels, processador Snapdragon 835 da Qualcomm, 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Sua câmera traseira tem sensor de 12.2 MP, enquanto a frontal tem capacidade de 8 MP. O dispositivo também traz bateria de 3.520 mAh e roda o Android 8.0 Oreo.

4. HTC U11

O HTC U11, smartphone topo de linha anunciado em maio de 2017, surpreendeu a todos por um detalhe: ele conta com a tecnologia Edge Sense, que permite que o usuário aperte o smartphone para acionar funcionalidades. Basicamente, o usuário cadastra diferentes padrões de apertadas, definindo qual a função de cada uma, seja para abrir o Facebook, Twitter etc. Além dessa característica nada convencional, o U11 vem equipado com tela de 5,5 polegadas, SoC Snapdragon 835, 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento interno e bateria com capacidade de 3.000 mAh. Para as fotos e vídeos, a câmera principal tem capacidade de 12 MP e frontal de 16 MP.

5. Xiaomi Mi Mix 2

Rodando o Android 7.1 (Nougat), o Xiaomi Mi Mix 2 traz tela de 5,99 polegadas, que cobre praticamente toda a parte frontal do aparelho. Com design seguindo a tendência do mercado, sua proporção é de 18:9. Sobre hardware, o celular conta com processador Qualcomm Snapdragon 835, 6 ou 8 GB de RAM e 64, 128 ou 256 GB de armazenamento interno. Ele vem equipado, ainda, com bateria 3.400 mAh, câmera traseira de 12 MP e câmera frontal de 5 MP — a parte menos interessante do dispositivo.

6. ZTE Axon 7

Um dos celulares importados de 2017 que, infelizmente, não vemos à venda oficialmente no Brasil é o ZTE Axon 7. Com sistema operacional Android 7.1.1 Nougat, ele conta com tela de 5,5 polegadas, processador Snapdragon 820 e GPU Adreno 530. O aparelho vem equipado com 4 GB ou 6 GB de RAM, memória interna de 64 GB ou 128 GB, câmera traseira de 20 MP, frontal de 8 MP e bateria com capacidade de 3.140 mAh.

7. Meizu Pro 7 Plus

O maior diferencial do Meizu Pro 7 Plus é a presença de uma tela extra na traseira. Nela, o usuário pode checar notificações e utilizá-la como visor para selfies utilizando a câmera de trás. Além desse detalhe, o celular importado conta com tela de 5,7 polegadas, 6 GB de RAM, 64 GB ou 128 GB de memória interna e processador MediaTek Helio X30 deca-core. Para os fãs de fotografia, o gadget vem equipado com câmera traseira de 12 MP + 12 MP e frontal de 16 MP. Sua bateria tem capacidade de 3.500 mAh.

8. Oppo R11 Plus

Em junho de 2017, a OPPO anunciou o R11 Plus. O grandalhão conta com tela AMOLED Full HD de 6 polegadas, SoC Qualcomm Snapdragon 660, GPU Adreno 512, 6 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno. Outro detalhe interessante do celular importado é seu sistema duplo de câmeras traseiras, de 16 MP e 20 MP, com capacidade para captura de vídeos em 4K. Para a câmera frontal, o R11 Plus traz nada menos que 20 MP. Sua bateria tem capacidade de 4.000 mAh.

9. Huawei Mate 10 Pro

A Huawei apresentou no ano passado o Mate 10 Pro, um smartphone poderoso que traz como diferencial um sistema de inteligência artificial capaz de prever as ações do usuário. Com tela de 6 polegadas, o flagship vem equipado com chipset Kirin 970, 6 GB de RAM, 128 GB de armazenamento interno, câmera traseira de 20 MP capaz de gravar vídeos em 4K e frontal de 8 MP. Sua bateria tem capacidade de 4.000 mAh.

10. OnePlus 5T

No final de 2017, o OnePlus 5T foi anunciado oficialmente. Apesar de ser bastante semelhante ao antecessor, OnePlus 5, o smartphone recebeu atualizações interessantes. Entre suas especificações estão tela AMOLED de 6 polegadas com proporção 18:9, processador Snapdragon 835, 6 ou 8 GB de RAM, 64 ou 128 GB de memória interna e bateria de 3.000 mAh. Outras características são o leitor de impressões digitais e desbloqueio por reconhecimento facial.

E aí? Você acrescentaria outros celulares importados nesta lista? Conte para a gente nos comentários!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.