Moto G10 vs Galaxy A12: qual intermediário barato vale mais a pena?

Moto G10 vs Galaxy A12: qual intermediário barato vale mais a pena?

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 02 de Abril de 2021 às 11h00
Montagem Canaltech

As lojas brasileiras estão cheias de celulares de todos os tipos, com especificações muito parecidas e diferenças escondidas nos detalhes. O Canaltech pegou o Moto G10 e o Galaxy A12, dois modelos considerados "intermediários de entrada", para compará-los entre si e ajudar quem precisa escolher um bom smartphone que não seja tão caro.

Esta análise elenca as diferenças e semelhanças em tela, processamento, memória, câmera, bateria e os recursos de cada modelo para, no fim, listar o que cada um entrega de melhor dentro do que você procura. Assim, na hora de fazer a sua compra, poderá escolher de maneira sgura qual deles é o ideal para o seu tipo de uso.

Veja qual celular vale mais a pena: Moto G10 ou Galaxy A12.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Design

Moto G10 e Galaxy A12 possuem acabamento em plástico nas laterais e traseira, sendo que o primeiro traz o leitor de impressão digital centralizado e as câmeras em um módulo retangular no canto esquerdo e um efeito que altera a cor do aparelho dependendo do reflexo da luz. Já o celular da Samsung tem uma textura na tampa traseira com uma divisão lisa na porção inferior, e as câmeras em um módulo quadrado também na parte superior esquerda. O leitor de impressão digital fica na lateral.

O Moto G10 de frente, com sua tela de 6,5 polegadas (Imagem: Ivo/Canaltech)

Na frente, ambos possuem tela com notch em gota para a câmera frontal e vidro para proteger o painel. As fabricantes não especificam nenhum tipo de proteção do material. Ambos possuem conector USB-C e P2 para fone de ouvido, e o Moto G10 tem um botão extra para chamar o Assistente do Google, enquanto o A12 traz os tradicionais de volume e energia, sendo que este último traz o leitor biométrico embutido.

Há uma pequena diferença nas dimensões dos dois aparelhos, apesar do tamanho de tela igual. O Galaxy A12 é pouca coisa menor, com 164 x 75,8 x 8,9 mm contra 165,2 x 75,7 x 9,2 mm do Moto G30, que ao menos é mais leve, com 200 g versus 205 g do modelo da Samsung.

Se você gosta de escolher entre várias opções de cores, tem apenas duas no Moto G10, cinza ou branco, enquanto o Galaxy A12 pode ser encontrado nas versões azul, branco, preto ou vermelho.

Tela

  • Moto G10: IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução HD (720 x 1600 pixels) e taxa de atualização de 60 Hz
  • Galaxy A12: PLS TFT LCD de 6,5 polegadas com resolução HD (720 x 1600 pixels) e taxa de atualização de 60 Hz.

Não há muita diferença na questão da tela destes dois dispositivos. A resolução é a mesma, HD, assim como a taxa de atualização, em 60 Hz, e até o tamanho, em 6,5 polegadas. Ambos possuem também painel LCD, mas com uma tecnologia um pouco diferente.

O Galaxy A12 também tem tela de 6,5 polegadas (Imagem: Divulgação/Samsung)

Na prática, são tecnologias semelhantes, e o PLS usado no Galaxy A12 é como se fosse a versão da Samsung Display para as telas IPS, mas o painel tem custo de produção menor e alcança taxas de brilho mais altas, além de ter ângulo de visão melhor. Já o TFT é uma camada semicondutora que controla a intensidade de cor dos pixels, e também não dá grande vantagem ou desvantagem para o display comparado ao IPS LCD mais comum.

Resumindo, as telas têm exibição muito próxima, apesar da tecnologia de cada uma parecer diferente.

Câmeras

  • Moto G10: 48 MP (f/1.7, principal) + 8 MP (f/2.2, ultra-wide) + 2 MP (f/2.4, macro) + 2 MP (f/2.4, profundidade) + 8 MP (f/2.2, frontal);
  • Galaxy A12: 48 MP (f/2.0, principal) + 5 MP (f/2.2, ultra-wide) + 2 MP (f/2.4, macro) + 2 MP (f/2.4, profundidade) + 8 MP (f/2.2, frontal).

Os conjuntos de câmeras são praticamente os mesmos, com uma diferença na abertura da lente na câmera principal de 48 MP, que é f/1.7 no Moto G30 e f/2.0 no Galaxy A12, ou seja, o primeiro capta mais luz do que o segundo, o que geralmente resulta em fotos menos tremidas em ambientes menos iluminados. A ultra-wide do modelo da Samsung possui resolução menor, mas não é tanta diferença a ponto de entregar qualidade muito diferente, ainda mais para redes sociais.

A fotografia e a videografia não são pontos muito importantes nestes modelos, que entregam pouco mais que o básico neste quesito. São celulares com qualidade satisfatória para a faixa de preço, mas que obviamente não vão competir em pé de igualdade com modelos topo de linha neste sentido.

O módulo de câmeras com quatro sensores do Moto G10 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Processador e memória

  • Moto G10: Qualcomm Snapdragon 460 (11 nm, 4x 1,8 GHz Kryo 240 + 4x 1,6 GHz Kryo 240), GPU Adreno 610;
  • Galaxy A12: MediaTek Helio P35 (12 nm, 4x 2,35 GHz Cortex-A53 + 4x 1,8 GHz Cortex-A53), GPU PowerVR GE8320.

Não se engane pelos números mais altos dos núcleos de processamento presentes no processador do Galaxy A12. O Helio P35 tem tecnologias mais antigas que as presentes no Snapdragon 460 do Moto G10, e portanto acaba ficando um pouco atrás ao executar as tarefas de um smartphone. No uso do dia a dia você mal vai sentir diferença, mas se exigir um pouco mais do aparelho, vai sentir alguns engasgos no modelo da Samsung antes de perceber qualquer problema no da Motorola.

No entanto, tenha em mente que ambos são aparelhos de entrada, cuja proposta é executar, basicamente, as tarefas mais comuns, mesmo, como ler e-mails, navegar na internet e redes sociais e até alguns jogos mais leves.

A capacidade de memória é a mesma nos dois modelos, com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, e ambos também possuem espaço para cartão micro SD para guardar mais arquivos.

Bateria

Traseira do Galaxy A12 com quatro câmeras e divisão de texturas (Imagem: Divulgação/Samsung)

Tudo igual em bateria: 5.000 mAh de capacidade de carga tanto no Moto G10 quanto no Galaxy A12. Há uma diferença na duração por conta dos componentes e do software, mas em média ambos vão alcançar entre um dia até um dia e meio de uso normal.

Já na recarga, a vantagem fica para o Galaxy A12, que tem suporte e vem com carregador de 15 W, mais veloz que os 10 W do adaptador incluído na caixa do Moto G10, que é a potência máxima suportada pelo aparelho.

Recursos extras

Reforçando que são celulares de entrada, ou mesmo intermediários baratos, se assim você preferir, Moto G10 e Galaxy A12 não oferecem muitos recursos que os diferenciam de outros modelos. São aparelhos com conexão 4G, conectores USB-C e P2 e leitor de impressão digital como praticamente qualquer outro disponível por aí. Há uma diferença na localização do sensor biométrico, já explicada antes.

Em conectividade, o Moto G10 oferece Wi-Fi dual-band e Bluetooth 5.0, enquanto o Galaxy A12 traz suporte apenas ao Wi-Fi de 2,4 GHz e também tem Bluetooth 5.0. Nenhum dos dois oferece NFC no Brasil.

Moto G10 vs Galaxy A12: qual vale a pena?

O Moto G10 tem processador mais potente que o concorrente, além de câmeras que captam mais luz na principal e mais detalhes na ultra-wide, mesmo que seja pouca coisa. O suporte ao Wi-Fi dual-band pode ajudar a conseguir conexões mais rápidas ao conectar a internet em casa ou em algum estabelecimento que você esteja visitando.

A única vantagem mais clara do Galaxy A12 é na velocidade da recarga da bateria, que vai poupar alguns bons minutos ao levar o aparelho à tomada, ou mesmo mais carga em menos tempo conectado ao carregador. De resto, tela e recursos são basicamente os mesmos e você leva um bom celular para tarefas mais básicas independente de qual escolher.

Dito isso, a decisão de qual dos dois levar cabe apenas a você, que agora tem todas as ferramentas para avaliar qual é melhor em cada ponto e, assim, definir o que entrega mais daquilo que você busca em um celular.

Moto G10: ficha técnica

  • Tela: IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução HD (720x1600 pixels), 60 Hz;
  • Chipset: Snapdragon 460 Octa-core (4x 2,0 Ghz + 4x 1,8 Ghz);
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 64 GB expansíveis via microSD;
  • Câmera traseira: quádrupla de 48 MP (f/1.7, principal) + 8 MP (f/2.2, ultrawide) + 2 MP (f/2.4, macro) + 2 (f/2.4, profundidade);
  • Câmera frontal: 8 MP f/2.2;
  • Dimensões: 165,2 x 75,7 x 9,1 mm (AxLxP);
  • Peso: 200 gramas;
  • Bateria: 5.000 mAh com carregador de 10 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, Wi-Fi dual-band, leitor de impressão digital traseiro, 4G;
  • Cores disponíveis: cinza ou branco;
  • Sistema operacional: Android 11 com My UX.

Galaxy A12: ficha técnica

  • Tela: PLS TFT LCD de 6,5 polegadas com resolução HD (720x1600 pixels), 60 Hz;
  • Chipset: MediaTek Helio P35 Octa-core (4x 2,3 GHz + 4x 1,8 Ghz);
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 64 GB expansíveis via microSD (até 1 TB);
  • Câmera traseira: quádrupla de 48 MP (f/2.0, principal) + 5 MP (f/2.2, ultra-wide) + 2 MP (f/2.4, macro) + 2 MP (f/2.4, profundidade);
  • Câmera frontal: 8 MP, f/2.2;
  • Dimensões: 164 x 75,8 x 8,9 mm (AxLxP);
  • Peso: 205 gramas;
  • Bateria: 5.000 mAh com carregador de 15 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, leitor de impressão digital lateral, 4G;
  • Cores disponíveis: preto, branco, vermelho ou azul;
  • Sistema operacional: Android 10 com interface One UI.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.