Motorola Edge vs. Galaxy S10 Lite vs. Mi Note 10: quais as diferenças?

Por Diego Sousa | 11 de Julho de 2020 às 09h00
Matheus Bigogno

O Motorola Edge é o celular mais "básico" da dupla recém-lançada pela marca. Apesar de ser menos potente do que seu irmão Edge+ — que, inclusive, já comparamos com o S20 Ultra e o iPhone 11 Pro Max —, o modelo promete ser um dos intermediários premium mais interessantes do mercado brasileiro.

Por isso, pensando em analisar como o novo smartphone da Motorola Edge se sai em um combate de especificações técnicas, o Canaltech decidiu compará-lo com o Galaxy S10 Lite, da Samsung, e o Mi Note 10, da Xiaomi. Vale mencionar que a escolha dos modelos teve como base a semelhança nas configurações, embora não tenhamos descartado os valores praticados no Brasil.

Tela

  • Motorola Edge: tela OLED curva de 6,7 polegadas, resolução Full HD+ (2520x1080 pixels), 90 Hz;
  • Galaxy S10 Lite: tela Super AMOLED Plus de 6,7 polegadas, resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels), 60 Hz;
  • Mi Note 10: tela AMOLED de 6,47 polegadas, resolução Full HD+ (2340 x 1080 pixels), 60 Hz
Tela do Edge oferece taxa de atualização de 90 Hz (Foto: Reprodução/PhoneArena)

Um dos principais diferenciais do Motorola Edge, a tela curva com 90 Hz de taxa de atualização promete uma experiência nunca alcançada por um celular da marca. No entanto, embora possuam apenas 60 Hz, seus rivais também devem oferecer ótimas cores graças às variações da tecnologia OLED.

Outra característica do Edge herdada do seu irmão maior é o suporte ao padrão HDR10, que também está presente nos Mi Note 10 e S10 Lite, prometendo contraste e brilho mais aprimorados — no entanto, o modelo da Xiaomi leva uma ligeira vantagem na reprodução de conteúdos sob a luz do sol graças aos 600 nits de brilho.

Chipset

  • Motorola Edge: Snapdragon 765G (1x2,4 GHz Kryo 475 Prime & 1x2,2 GHz Kryo 475 Gold & 6x1,8 GHz Kryo 475 Silver);
  • Samsung Galaxy S10 Lite: Snapdragon 855 (1x2.84 GHz Kryo 485 & 3x2.42 GHz Kryo 485 & 4x1.78 GHz Kryo 485);
  • Xiaomi Mi Note 10: Snapdragon 730G (2x2.2 GHz Kryo 470 Gold & 6x1.8 GHz Kryo 470 Silver).
Todos os celulares utilizam chips da Qualcomm (Foto: Reprodução)

Apesar do chip teoricamente antigo, o topo de linha Snapdragon 855 do S10 Lite ainda oferece melhor desempenho do que um intermediário deste ano. No entanto, na prática, a diferença não deve ser tão grande em relação ao 765G, que equipa o Edge.

Já o Mi Note 10 é equipado com o Snapdragon 730G, um degrau abaixo do 765G — ambos os “G” são de “games”, portanto são ótimas opções para quem curte jogar no celular. A vantagem do Edge em relação aos concorrentes é o suporte à rede 5G.

Embora o Brasil ainda não tenha implementado a nova geração da rede móvel, o celular da Motorola promete oferecer conexões até 12x mais rápidas que o 4G convencional graças ao 5G DSS, uma espécie de “gambiarra” lançada pela operadora Claro.

Memória RAM e armazenamento interno

  • Motorola Edge: 4 ou 6 GB de RAM + 128 GB memória interna;
  • Samsung Galaxy S10 Lite: 6 ou 8 GB de RAM + 128 ou 512 GB de memória interna;
  • Mi Note 10: 6 GB de RAM + 128 GB de memória interna.

Os três são bastante semelhanças em relação às opções de memória, mas o S10 Lite se sobressai em armazenamento interno, chegando a até 512 GB. O Edge, por sua vez, é o único que oferece 4 GB de RAM, atualmente já defasado para um intermediário premium, mas também traz uma opção de 6 GB. Além disso, o Mi Note 10 é o único que não oferece suporte para cartão de memória, trazendo apenas 128 GB para armazenar fotos e vídeos.

Câmeras

  • Motorola Edge: principal de 64 MP (f/1.8 e tecnologia Quad Pixel), telefoto de 8 MP (f/2.4 e 2x de zoom óptico), ultrawide de 16 MP, f/2.2, sensor TOF 3D; câmera frontal de 25 MP (f/2.0);
  • Samsung Galaxy S10 Lite: principal de 48 MP (f/2.0), ultrawide de 12 MP (f/2.2), macro de 5 MP (f/2.4); câmera frontal de 32 MP (f/2.2);
  • Xiaomi Mi Note 10: principal de 108 MP (f/1.7), telefoto de 12 MP (f/2.0 e 2x de zoom óptico), telefoto de 8 MP (f/2.2 e 3.7x de zoom óptico), ultrawide de 20 MP (f/2.2), macro de 2 MP (f/2.4); câmera frontal de 32 MP (f/2.0).

No departamento de câmeras, o Edge traz o mesmo conjunto do seu irmão mais potente, com exceção do sensor de 108 MP — no lugar dele, há um de 64 MP. No entanto, a tecnologia Quad Pixel também está presente, que transforma quatro pixels em um, resultando em uma foto muito mais rica em detalhes, além de ter maior sensibilidade à luz.

Já o intermediário Mi Note 10 se destaca pelo seu conjunto quíntuplo com câmera principal de 108 MP — a mesma resolução de topos de linha como Edge+, S20 Ultra e Mi 10 Pro. Pelo menos na teoria, o celular da Xiaomi oferece mais qualidade e opções ao usuário.

Bateria

  • Motorola Edge: 4.500 mAh com carregamento rápido de 18 W;
  • Samsung Galaxy S10 Lite: 4.500 mAh com carregamento rápido de 45 W;
  • Xiaomi Mi Note 10: 5.260 mAh com carregamento rápido de 30 W.

Tanto o S10 Lite quanto o Edge oferecem a mesma capacidade de bateria, mas o celular da Samsung vem acompanhado de um carregador de incríveis 45 W na caixa, enquanto o rival traz "apenas" 18 W — isso quer dizer que o adaptador da fabricante sul-coreana promete encher o tanque mais de duas vezes mais rápido.

No entanto, o Mi Note 10 é o que promete mais autonomia com sua bateria de 5.260 mAh. Além disso, ele oferece um carregador quase duas vezes mais veloz que o Edge, de 30 W.

Extras e software

  • Motorola Edge: design repelente à água, Bluetooth 5.1, 5G, leitor de impressões digitais na tela, Android 10, Moto Ações, conector P2, NFC, som estéreo;
  • Samsung Galaxy S10 Lite: leitor de digitais na tela, Bluetooth 5.0, sem conector P2, Android 10, som mono;
  • Xiaomi Mi 10: leitor de digitais na tela, Bluetooth 5.0, Android 10, conector P2, FM Radio.
O Edge é ideal para quem prefere uma interface mais pura (Foto: Reprodução/5G.co.uk)

Todos os modelos já possuem o suporte para o Android 10 e oferecem todos os recursos do sistema, como modo escuro e navegação por gestos. No entanto, a interface de cada um é bastante diferente e vale considerar o gosto do usuário: a Motorola aposta em um visual de Android puro com poucas modificações; a Samsung tem a famosa One UI 2.1 que oferece recursos bastante bem-vindos para celulares com tela grande; já a Xiaomi é muito personalizável e permite fazer diversas modificações.

Os três celulares também já vêm com leitor de impressões digitais na tela, seguindo seus modelos mais potentes, além de conector P2 para fones de ouvido. A vantagem do Egde em relação aos rivais é o suporte para a conectividade 5G, sendo o primeiro celular disponível no Brasil com a tecnologia — embora ainda não seja possível usufruir de tanta conexão.

Preço

  • Motorola Edge: R$ 5.499;
  • Samsung Galaxy S10 Lite: R$ 2.700;
  • Xiaomi Mi Note 10: R$ 2.800.

O preço do Edge no Brasil assustou tanto quanto seu irmão Plus, mas, considerando os lançamentos mais recentes da Motorola, a expectativa é que diminua ao longo dos próximos meses. O Galaxy S10 Lite também chegou ao país um tanto quanto caro — até mais do que os modelos principais —, mas, atualmente, traz um valor mais competitivo pelas configurações que oferece.

No site oficial da Xiaomi no Brasil, o Mi Note 10 ainda está disponível por uma bagatela de R$ 6,3 mil, embora já possa ser encontrado por menos de R$ 3 mil em outras lojas online. Mesmo assim, apesar da câmera de 108 MP, ele é o mais fraco dos três — o que não justifica seu preço tão alto.

Tabela de especificações técnicas

Motorola Edge Galaxy S10 Lite Mi Note 10
Construção

Vidro e alumínio
Resistência a respingos

Plástico Vidro e alumínio
Tela OLED 6,7''
Full HD+
90 Hz

sAMOLED 6,7''
Full HD+
60 Hz

AMOLED 6,47''
Full HD+
60 Hz
Chipset Qualcomm Snapdragon 765G 5G Qualcomm Snapdragon 855 Qualcomm Snapdragon 730G
Memória RAM e armazenamento 4 ou 6 GB de RAM
128 GB de ROM
6 ou 8 GB de RAM
128 ou 512 GB de ROM
6 GB de RAM
128 GB de ROM
Câmera traseira 64 MP
8 MP 
16 MP
Sensor ToF 3D
48 MP
12 MP
5 MP

108 MP
12 MP
8 MP
20 MP
2 MP

Câmera frontal 25 MP 32 MP 32 MP
SO Android 10 Android 10 Android 10
Bateria 4.500 mAh 4.500 mAh 5.260 mAh

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.