Mi Mix 4 passa por nova análise de selfies e tela com câmera sob o display

Mi Mix 4 passa por nova análise de selfies e tela com câmera sob o display

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 19 de Agosto de 2021 às 10h24
Imagem: Divulgação/Xiaomi

O Mi Mix 4, novo flagship da Xiaomi, foi lançado recentemente, mas a qualidade das imagens obtidas pela sua lente escondida embaixo da tela continua a ser testada e contestada. As primeiras fotos tiradas pelo telefone que foram publicadas mostraram que o celular deixa um pouco a desejar na hora das selfies, algo que chegou a ser "defendido" por um executivo da marca.

Chegou a hora de vermos mais algumas capturas feitas com o Mi Mix 4, pois o pessoal do XDA Developers garantiu sua unidade e já publicou uma análise detalhada do aparelho, que mostra os resultados em fotografias e na tela, que é o maior destaque do smartphone, segundo a Xiaomi. A empresa chegou a destacar que o Mi Mix 4 é o telefone ideal para quem busca uma experiência de navegação em tela cheia e, nisso nós não podemos negar — o Mi Mix 4 se sai muito bem.

A tecnologia para esconder a lente de selfies abaixo da tela foi inaugurada, comercialmente, pela ZTE, com o lançamento do Axon 20 5G no ano passado. O aparelho também não entregou uma qualidade muito boa para fotografias e o sensor da câmera ainda ficava bem visível em determinadas condições de iluminação.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A câmera fica bem escondida?

Esse foi um dos principais desafios para a Xiaomi com o Mi Mix 4 — esconder completamente a lente para ela ficar quase invisível abaixo do display.

Comparado com o telefone da ZTE e com o Galaxy Z Fold 3, que também conta com essa tecnologia, o smartphone da gigante chinesa é o que se sai melhor e a câmera só pode ser vista, minimamente, em certas condições de iluminação e ângulos específicos, enquanto o aparelho da Samsung não consegue esconder muito o que tem embaixo do display.

Esse “sucesso” da companhia foi alcançado graças ao arranjo dos pixels feito na área da tela onde a câmera de selfies fica posicionada. A Xiaomi conseguiu trabalhar de forma que essa configuração permite que uma quantidade de luz suficiente atravesse o display para garantir uma qualidade aceitável da imagem.

(Imagem: Reprodução/XDA Developers)

Mas será que isso é o bastante para entregar uma experiência de fotografia digna para um celular topo de linha que custa mais de R$ 4 mil?

Qualidade das selfies

Esse é o Calcanhar de Aquiles do Mi Mix 4. Apesar de conseguir esconder bem a lente de selfies abaixo do display e garantir que uma boa quantidade de luz passe pelo painel, a qualidade das imagens obtidas pela câmera frontal não é das melhores, conforme já foi levantado em outros testes.

Neste sentido, é importante esclarecer um ponto: em ambientes bem iluminados e com condição de luz natural, a câmera de selfies até que se sai bem e o software de pós-processamento de imagem consegue entregar um resultado minimamente satisfatório — mas, lembramos, em condições favoráveis. Confira alguns exemplos nos quais a câmera frontal do Mi Mix 4 é comparada com a do Galaxy S21 Ultra e, mais abaixo, alguns resultados de como o celular consegue melhorar as imagens após a captura.

O maior problema vem com certas condições de ambiente. Em locais com pouca iluminação, fotos noturnas ou com o sol atrás da pessoa que tira as fotografias o resultado pode ser desastroso e a imagem perde muita qualidade. Nas imagens abaixo, mais uma vez, é comparada a performance do Mi Mix 4 contra o Galaxy S21 Ultra.

O Mi Mix 4 foi apresentado, por enquanto, apenas para o mercado chinês, e ainda não há informações sobre um lançamento global. Ele chegou às lojas em seu país de origem com preços a partir de 4.999 yuan (cerca de R$ 4.030, em conversão direta).

Fonte: XDA Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.