Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Kim Jong-un aparece com celular dobrável em foto vazada

Por| Editado por Wallace Moté | 14 de Julho de 2023 às 10h28

Link copiado!

Wikimedia Commons
Wikimedia Commons

Em foto capturada durante um teste do novo míssil balístico intercontinental (ICBM), o ditador da Coreia do Norte Kim Jong-un apareceu com o que aparenta ser um celular dobrável. O dispositivo aparece em cima de uma mesa, e suas características visuais lembram os aparelhos de formato flip.

Não é possível saber exatamente qual é o modelo que estaria sendo usado por Kim, mas especula-se que poderia se tratar de um Galaxy Z Flip 4 ou um Huawei P50 Pocket. Como a Coreia do Norte é impedida pela ONU de importar dispositivos eletrônicos de outros países, a presença do smartphone na cena implica uma ação de importação ilegal, seja da China ou de outro país asiático.

Continua após a publicidade

Não é a primeira vez que ele aparece em imagens com dispositivos tecnológicos de ponta: em 2013, fotos mostraram o ditador em um momento de trabalho com um iMac, e antes disso outro conteúdo registrou Kim ao lado de um smartphone que parece um iPhone da época.

Contudo, neste segundo caso, é possível que o celular tenha sido fabricado pela HTC, de acordo com agências de inteligência da Coreia do Sul que trabalharam em cima do caso.

Celulares são usados na Coreia do Norte

Mesmo que seja o país com a economia mais fechada do mundo, a Coreia do Norte não está alheia aos smartphones e ao mundo da tecnologia. Por lá, os celulares são usados desde 2008, mas com uma série de regras rígidas.

Naquele ano, a empresa de telecomunicações Orascom Telecom fez uma parceria com o Estado norte-coreano, para a implementação da Koryolink, uma rede 3G interna. Os habitantes locais usam este sinal, enquanto estrangeiros têm acesso a um sinal de internet com menos limitações — ainda que existam poucos pontos de acesso.

Estima-se que cerca de 7 milhões de habitantes locais usem os serviços de internet por lá — ou seja, mais de um quarto da população total, estimada em 25 milhões de pessoas.

Ao longo da última década, alguns celulares já foram lançados na Coreia do Norte, mesmo que não sejam modelos conhecidos em outros locais do planeta. É o caso do recém-lançado Samthaesong 8, que traz um visual ligeiramente semelhante ao Huawei P50.

Continua após a publicidade

Fonte: O Globo, Android Police, NKNews