iPhone 12 com 5G vai demorar um pouco mais para ser lançado

Por Felipe Autran | 23 de Julho de 2020 às 13h38
Canaltech
Tudo sobre

Saiba tudo sobre iPhone 12

Ficha técnica

Com a pandemia de COVID-19 afetando toda a cadeia produtiva de novos eletrônicos, não é surpresa que rumores sobre um possível atraso no lançamento dos novos modelos de iPhone tenham surgido. No mês passado, um grande fornecedor da companhia já dava como certa essa possibilidade, e a novidade agora é que a Apple estaria disposta a lançar o novo iPhone com 5G ainda mais tarde do que pensávamos anteriormente, colocando o produto nas lojas apenas em novembro.

De acordo com a publicação japonesa Macotakara, o evento de anúncio dos novos smartphones, que normalmente acontece em setembro, deve ser adiado para outubro. Como de costume, os aparelhos seriam disponibilizados para os consumidores pouco tempo depois do anúncio. No entanto, o mesmo não aconteceria com o modelo 5G, que atrasaria por mais um mês antes de chegar às mãos dos compradores.

Essa diferença condiz com uma informação publicada pelo Nikkei Asia Report ainda em março e tem duas possíveis explicações. A primeira é a de que a pandemia afetou não só o trabalho nas fábricas chinesas, como também viagens de engenheiros da Apple ao país para acompanhar a produção. Outro motivo é que a empresa não gostaria de se arriscar ao lançar o aguardado novo modelo de iPhone 5G em um mercado ainda muito afetado pela COVID-19. Portanto, um mês extra de espera daria mais tempo para as economias globais se recuperarem.

Chip A13 utilizado no iPhone. Imagem: Apple/Divulgação.

Novo processador de 5nm

A reportagem também reforça outro rumor divulgado anteriormente: o iPhone 12 usaria um novo processador A14, possivelmente o menor chip produzido pela Apple até então, com 5 nanômetros. Como sempre, a expectativa é de melhoras na performance e nas eficiências dos smartphones, em comparação com os modelos lançados ano passado.

Por enquanto, não há informações oficiais sobre a data de anúncio e lançamento dos novos iPhone 12, ou mesmo como o evento será realizado. Uma possibilidade cada vez mais provável é que a Apple repita o que fez durante a WWDC 2020 e apresente os novos produtos em uma transmissão ao vivo gravada no campus da empresa, sem a presença de público.

Fonte: Macotakara

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.