Huawei segue listada como a segunda fabricante que mais vende smartphones

Por Patrícia Gnipper | 28 de Agosto de 2018 às 23h40
Raymond Wong/Mashable
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

Em julho, uma pesquisa da IDC mostrou que a Huawei já havia ultrapassado a Apple, constando como a segunda fabricante de smartphones com o maior número de vendas globais. Agora, um novo estudo do Gartner mostra que a chinesa continua à frente da Maçã, permanecendo no segundo lugar deste ranking.

O estudo considera os números obtidos no segundo trimestre do ano, mostrando que a venda total de smartphones para usuários finais cresceu em 2% no período, com a comercialização de 374 milhões de unidades. Desse total, a Huawei fica com 13,3% de participação, vendendo 49,8 milhões de aparelhos no trimestre em questão — percentual acima dos 9,8% registrados no mesmo período do ano anterior.

A Samsung continua no primeiro lugar da lista, com 19,3% do mercado no segundo trimestre de 2018, mas teve queda nesse sentido, já que, no mesmo período do ano passado, esse número era de 22,6%. Para o Gartner, esse cenário se explica porque, enquanto as fabricantes chinesas estão crescendo globalmente, a demanda por aparelhos topo de linha, que custam mais caro, está mais baixa, reduzindo, também, a lucratividade das fabricantes que mais apostam em flagships.

A Huawei vem sendo uma das poucas chinesas a nadar contra a corrente, com vendas crescendo em 38,6% no período analisado, enquanto as demais veem suas vendas caírem no ano a ano. E muito do "boom" da Huawei se dá graças à linha Honor de smartphones, que atende às necessidades do público intermediário, com preços mais acessíveis.

Para o diretor de pesquisa Anshul Gupta, "a Huawei continua trazendo recursos inovadores para seus smartphones e expande seu portfólio de aparelhos para cobrir os maiores segmentos de consumidores" e "seu investimento em construção de marca e posicionamento dos dispositivos Honor ajudou a impulsionar as vendas". O executivo afirma que "a Huawei está enviando seus smartphones Honor para 70 mercados em todo o mundo, o que está emergindo como o principal impulsionador do crescimento da companhia".

Outra chinesa, a Xiaomi aparece em quarto lugar no ranking do Gartner. No segundo trimestre, a empresa vendeu 32,8 milhões de aparelhos, com 8,8% de participação no mercado. Ainda, o estudo mostra que o Android, da Google, hoje tem 88% de participação no mercado de sistemas operacionais móveis, contra 11,9% do iOS, da Apple.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.