Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Huawei P70 pode trazer câmera turbinada e atingir triplo das vendas

Por| Editado por Wallace Moté | 28 de Novembro de 2023 às 16h54

Link copiado!

(Imagem: Reprodução/Huawei)
(Imagem: Reprodução/Huawei)

Rumores indicam que a futura família de smartphones premium Huawei P70 pode trazer um chip Kirin inédito e apostar alto na qualidade das câmeras ao contar com um modelo especial, que utiliza uma combinação de lentes de vidro e plástico, processo até cinco vezes mais caro que o tradicional. Mesmo com o crescimento dos custos, as projeções de vendas são muito positivas, podendo triplicar os números obtidos pela família Huawei P60.

As informações chegam através do analista e leaker Ming-Chi Kuo, cujo histórico de vazamentos é confiável no geral, e sugerem que a família Huawei P70 continuará sendo composta de três modelos: o P70 padrão, o P70 Pro e o P70 Art. A ficha técnica dos aparelhos ainda é desconhecida, mas Kuo diz já possuir os primeiros detalhes das câmeras, que devem impressionar.

O P70 básico contaria com um conjunto de lentes de 5P, em que P refere-se a Plastic (plástico), indicando que há cinco lentes de plástico no dispositivo. Por sua vez, o P70 Pro e o P70 Art adotariam um conjunto 6P, de seis lentes.

Continua após a publicidade

Ao que parece, o grande diferencial do P70 Art estaria exatamente nas câmeras, ao empregar um sensor principal da classe de uma polegada, garantindo a entrada de mais luz e efeitos como o desfoque de fundo natural. Mais do que isso, as lentes seriam híbridas, organizadas no fim das contas em 1G6P, em que o G refere-se a Glass (vidro), material pouco usado em celulares pelo alto custo.

O valor de uma lente de vidro pode chegar a ser cinco vezes maior que o de um conjunto 7P, resultado da maior dificuldade de moldá-lo no formato desejado. Dito isso, há bons benefícios que justificam o preço elevado: lentes de vidro são mais finas, resistentes, menos propensas a mudanças de formato e acúmulo de poeira, além de manterem camadas antirreflexo por mais tempo e transmitirem a luz melhor que o plástico.

Continua após a publicidade

Segundo o rumor, a Huawei terá como fornecedoras do vidro a taiwanesa Largan Precision, possivelmente responsável pela maior parte das encomendas, e a chinesa Sunny Optical, que devem se beneficiar não apenas do custo mais alto das lentes, mas ainda das projeções muito positivas quanto ao número de vendas da família P70.

Conforme aponta Kuo, espera-se que os próximos celulares premium da Huawei vejam um crescimento astronômico de envios, graças à combinação do uso de processadores Kirin proprietários com as especificações ultra premium das câmeras. Caso a atual demanda continue, a linha P70 poderia atingir número de vendas 230% (ou 3,3 vezes) maior que os da geração anterior, batendo entre 13 e 15 milhões de unidades enviadas às lojas.

As expectativas são positivas mesmo se houver uma queda na demanda, cenário em que teríamos um crescimento de 150% (ou 2,5 vezes) ano a ano, com algo entre 10 e 12 milhões de unidades vendidas. Mais interessante é que, de acordo com o analista, esse crescimento massivo e eventual "retorno" da Huawei ao segmento de celulares premium incentivaria outras gigantes do mercado a investir mais em tecnologias de câmera.

Continua após a publicidade

Kuo conclui apontando que a linha P70 deve estrear na primeira metade de 2024, mas sem mencionar datas mais precisas. Considerando que a família P60 foi apresentada em março deste ano, é provável que a próxima geração mantenha um calendário similar, chegando às lojas em março do ano que vem.