Google confirma visual do Pixel 4a com foto publicada "sem querer"

Por Felipe Junqueira | 13 de Julho de 2020 às 14h15
Reprodução/Google
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Pixel 4a

Ficha técnica

Voltamos à temporada de vazamentos do Google Pixel 4a, e agora vindo diretamente de fonte oficial: a própria Gigante das Buscas. Uma renderização oficial do celular publicada aparentemente por acidente no site oficial da empresa foi encontrada pelo site 9To5Google.

A foto (abaixo) mostra a versão preta do dispositivo, com o botão de energia na cor verde se destacando de maneira bem interessante. Na parte de trás, podemos ver a câmera única, com o flash um pouco abaixo, e o leitor de impressão digital. A tela traz o buraco no canto superior esquerdo para a câmera de selfies e mostra a data de 12 de maio.

Ou seja, é bem capaz que o plano inicial era mesmo o de lançar o celular durante a conferência Google I/O, em maio, mas 2020 não é um bom ano para seguir planos, infelizmente.

Seja como for, a nova data prevista para o lançamento oficial do Pixel 4a agora é 3 de agosto, de acordo com fontes do youtuber Jon Prosser. O jeito é aguardar o próximo mês para ver se o sucessor do Pixel 3a finalmente começa a chegar às lojas — lá fora, já que o Google ainda não possui planos de lançar celulares no Brasil, ainda.

O que esperar do Pixel 4a

Render oficial do Pixel 4a encontrado na loja do Google (Foto: Reprodução/Google)

Segundo os rumores, o celular traz plataforma Snapdragon 730, 6 GB de memória RAM, 128 GB de armazenamento, bateria de 3.080 mAh e suporte a recarga de 18 W. O acabamento é plástico, assim como o Pixel 3a, e o conjunto de câmera simples na traseira deve ser mantido — como já vimos na renderização acima.

Já existe até mesmo uma análise da câmera do dispositivo, além de um teste de benchmark que mostra o chipset Snapdragon 730 em ação. Os papéis de parede também caíram na internet, assim como imagens da embalagem do produto.

O preço deve ficar em algum ponto entre os US$ 300 e US$ 400, ou seja, R$ 1.600 e R$ 2.140 para quem quiser importar, sem contar os impostos. Também deve ter um Pixel 4a (5G) mais para a frente, de acordo com linhas de código encontradas no aplicativo do Google.

Fonte: 9To5Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.