Galaxy S20 FE vs iPhone SE 2020, os poderosos "acessíveis" da Samsung e Apple

Por Felipe Junqueira | 11 de Março de 2021 às 10h00
Montagem Canaltech

A categoria de celulares topo de linha cresceu nos últimos anos, e um novo segmento dentro dela ganha cada vez mais opções e adeptos: os modelos potentes a preço mais acessível. Samsung e Apple aproveitaram essa nova tendência com os lançamentos do Galaxy S20 FE e do iPhone SE.

Ambos os modelos entregam praticamente tudo de melhor que cada fabricante tinha em seus principais dispositivos, mas trazem alguns cortes nos custos de produção para ficarem com preço mais interessante ao consumidor que não faz questão de ter tudo de mais avançado em seu smartphone. Material de construção, número de câmeras e até o design são alguns dos exemplos das economias que uma fabricante pode fazer.

Com preços que costumam variar na casa dos R$ 2.500 até os R$ 3.500, dependendo do momento, qual deles entrega a experiência que você busca em um celular? Veja abaixo um comparativo entre todas as características do Galaxy S20 FE e do iPhone SE para tomar a sua decisão.

Design

A construção dos dois aparelhos tem uma pequena diferença que pode fazer muita diferença para alguns usuários: apesar de ambos terem laterais em alumínio e frente em vidro, a traseira do Galaxy S20 FE é plástica, enquanto a do iPhone SE é de vidro. Isso confere visual e toque mais elegante ao modelo da Apple, apesar de o da Samsung ser mais resistente a quedas e, com acabamento fosco, deixar menos marcas de dedos. Cada material tem suas vantagens e desvantagens.

iPhone SE (2020) herdou visual do iPhone 8 (Imagem: Divulgação/Apple)

E as diferenças não param por aí, já que cada um tem visual totalmente distinto um do outro. O Galaxy S20 FE já traz design com tela que ocupa boa parte da frontal, com pouquíssimas bordas, e furo na tela para a câmera de selfies. O iPhone SE segue a linha mais comum de alguns anos atrás, com bordas consideráveis nas partes superior, onde ficam todos os sensores, incluindo câmera frontal, e inferior da tela, onde fica o Touch ID. É basicamente a carcaça do iPhone 8 em um celular com alguns novos componentes internos.

O tamanho dos dispositivos também é bastante diferente, com dimensões de 159,8 x 74,5 x 8,4 mm no celular da Samsung e 138,4 x 67,3 x 7,3 mm no da Apple, enquanto os pesos são de 190 g e 148 g, respectivamente. Ou seja, se você busca um celular mais compacto, deve ficar mais satisfeito com o iPhone SE, enquanto o Galaxy S20 FE traz visual mais atual.

Um diferencial bacana em ambos são as opções de cores, sendo seis no Galaxy S20 FE (azul escuro, lavanda, verde, vermelho, laranja ou branco) e três no iPhone SE (branco, preto ou vermelho).

Galaxy S20 FE tem seis opções de cores disponíveis (Imagem: Divulgação/Samsung)

Tela

  • Galaxy S20 FE: Super AMOLED de 6,5 polegadas, resolução de 1080 x 2400 pixels, taxa de atualização de 120 Hz;
  • iPhone SE (2020): Retina HD IPS LCD de 4,7 polegadas, resolução de 750 x 1334 pixels, taxa de atualização de 60 Hz.

Se você tem um tamanho de tela em mente, já pode fazer sua escolha de maneira bem fácil aqui. O Galaxy S20 FE tem display de 6,5 polegadas, que pode ser considerado grande dependendo do tamanho que o seu celular atual tem, mas é o mais comum agora em 2021. Já o iPhone SE é mais compacto, com 4,7 polegadas.

Outras vantagens no modelo da Samsung incluem a taxa de atualização de 120 Hz e a resolução maior, Full HD, enquanto o celular da Maçã ainda traz o tradicional 60 Hz de frequência e resolução HD. Além disso, o painel Super AMOLED do primeiro entrega preto mais profundo,cores mais vivas e é mais eficiente energeticamente que o IPS LCD do iPhone SE, que tem cores mais naturais.

Mas, no geral, ambos são ótimos displays, e a Apple entrega qualidade de imagem superior a muitos concorrentes mesmo com números menores no papel.

Câmeras

  • Galaxy S20 FE: 12 MP (principal) + 12 MP (super grande-angular) + 8 MP (teleobjetiva) + 32 MP (frontal);
  • iPhone SE (2020): principal de 12 MP + frontal de 7 MP.

Apple e Samsung são conhecidas como duas das melhores fabricantes de celulares no quesito câmeras, com qualidade de fotos e vídeos muito boas. E mesmo em seus modelos premium mais acessíveis, isso se mantém, graças ao uso de ótimo hardware aliado a um software que lida muito bem com o processamento das informações.

Versão 2020 do iPhone SE tem apenas uma câmera traseira (Imagem: Divulgação/Apple)

Aí entra a quantidade de câmeras para fazer a diferença. O iPhone SE tem um conjunto simples, com um sensor muito bom, é verdade, mas fica atrás porque o Galaxy S20 FE oferece opções de fotos com campo de visão aumentado, com a câmera ultra wide-angle, ou com aproximação óptica de 3 vezes com a teleobjetiva.

Em selfies, a grande diferença fica na resolução da imagem e no tratamento que cada aparelho dá às informações, o chamado pós-processamento. Apesar de ter mais pixels, o Galaxy S20 FE tem um embelezamento de imagem forçado que apaga alguns detalhes do rosto, que ficam mais visíveis no iPhone SE.

Aí é questão de gosto de cada um, tem quem não goste de ver as imperfeições da pele, e aí pode optar pelo modelo da Samsung. Quem não se importa ou até prefere ver as marcas presentes no próprio rosto pode optar pelo iPhone SE.

Processamento e memória

  • Galaxy S20 FE: Samsung Exynos 990 Octa-core (2x 2,73 GHz Mongoose M5 + 2x 2,5 GHz Cortex-A76 + 4x 2,0 GHz Cortex-A55);
  • iPhone SE (2020): Apple A13 Bionic.

Galaxy S20 FE e iPhone SE trazem o melhor processador disponível no momento de seus lançamentos, ambos com fabricação da respectiva empresa. O Exynos 990 é potente, mas tem alguns problemas com eficiência energética e esquenta mais do que os concorrentes, mas no geral entrega experiência mais que satisfatória para tarefas do dia a dia e jogos leves a pesados. O A13 Bionic é mais estável e também consegue rodar de tudo.

Galaxy S20 FE e seu conjunto triplo de câmeras na traseira (Imagem: Divulgação/Samsung)

Aqui, a vantagem fica para o modelo da Apple não só pela eficiência energética e estabilidade maior, mas também porque aplicativos e jogos desenvolvidos para o sistema da Maçã geralmente são mais bem otimizados do que as versões para Android.

Na questão da memória, o Galaxy S20 FE sai na frente porque entrega 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno já em sua versão mais básica, além de ter expansão via cartão micro SD. Há ainda uma segunda opção com 8/256 GB à venda no Brasil. Já o modelo da Apple tem 3 GB de RAM e está disponível com 64 GB, 128 GB ou 256 GB de armazenamento, sem espaço para cartão de memória.

Bateria

O grande ponto fraco dos celulares da Apple é a bateria, e o iPhone SE é um dos modelos mais recentes que mais peca nesse sentido. Com apenas 1.821 mAh de carga, o modelo dificilmente aguenta um dia inteiro de uso. Em números oficiais, o smartphone aguenta até 13 horas de reprodução de vídeo, mas apenas 8 horas se os conteúdos forem online.

O Galaxy S20 FE tem 4.500 mAh, mas por conta da tela maior com alta taxa de atualização — os 120 Hz são ativados de fábrica, e quem quiser mais tempo de uso pode mudar para a taxa padrão de 60 Hz —, o tempo de uso não chega a ser muito superior. É possível extrair até um pouco mais de um dia de uso com o celular da Samsung, que afirma que seu aparelho aguenta até 17 horas de reprodução de vídeos offline e 14 horas de navegação na internet 4G.

Recursos extras

Um dos principais diferenciais é o sistema operacional de cada modelo: o da Samsung tem o Android 10 de fábrica, e já possui atualização para o Android 11 com a One UI 3.0 disponível no Brasil. O da Apple utiliza o iOS 13, atualizável para o 14.4. Aí é questão de você saber se prefere o sistema do Google, o da Apple ou se tanto faz, já que atualmente os recursos são bem parecidos.

Apple Arcade está disponível no iPhone SE (Imagem: Divulgação/Apple)

Nenhum dos dois modelos oferece compatibilidade à rede 5G em suas versões nacionais, e apenas alguns mercados receberam a variante 5G do Galaxy S20 FE, enquanto o iPhone SE só possui versão 4G/LTE. Ambos oferecem suporte ao Wi-Fi dual-band e possuem Bluetooth na versão 5.0, além de NFC para pagamento por aproximação, utilizando Apple Pay no caso do telefone da Maçã e Samsung Pay ou Google Pay, no da Samsung.

O desbloqueio da tela é feito na parte frontal em ambos, mas o Galaxy S20 FE utiliza um leitor óptico por baixo do display para isso, ao passo que o iPhone SE possui um sensor biométrico embutido no botão Home. Os dois ainda permitem o uso de recarga sem fio para a bateria, mas só o modelo da Samsung faz o carregamento reverso, ou seja, entrega a própria carga para outros dispositivos sem precisar de cabos, o que é útil para fones de ouvido Bluetooth, por exemplo.

Galaxy S20 FE tem recarga reversa para carregar fones de ouvido sem fio e outros dispositivos (Imagem: Divulgação/Samsung)

Ambos possuem ainda proteção contra água e poeira, sendo que o Galaxy S20 FE aguenta 30 minutos submerso em até 1,5 m de profundidade, contra 1 m de submersão no iPhone SE, também por 30 minutos. Nenhum deles tem conector P2 para fone de ouvido, e o cabo de dados e energia é do tipo USB-C no Galaxy S20 FE e Lightning no iPhone SE.

Galaxy S20 FE vs iPhone SE (2020): qual vale mais a pena?

Cada fabricante fez suas escolhas na hora de economizar para, apesar de entregar smartphones potentes, conseguir cobrar preço que não seja tão estratosférico como ficou comum em celulares topo de linha.

A Samsung economizou no material de fabricação, que pelo menos tem algumas vantagens frente ao vidro, e em alguns componentes que não afetam tanto a experiência geral. E entrega um celular que divulga como “feito para os fãs”, mesmo sem ter realmente entregue tudo o que os fãs pediam de diferente para o Galaxy S20 — e aqui entra a questão do processador, que o Canaltech entrou em mais detalhes na análise do aparelho.

Já a Apple fez uma escolha inteligente: entrega tudo de bom que pode entregar em um celular, e deixou os cortes no desenvolvimento em si. O iPhone SE versão 2020 usa a carcaça e alguns componentes do iPhone 8, como a tela, ao mesmo tempo em que adota processador e alguns outros recursos do iPhone 11, até então um dos mais avançados celulares da Maçã.

Para além disso, você tem que escolher se prefere tela maior, mais bateria e opções de câmera, ou se deseja um modelo mais compacto, com menos bateria e mais potente. Caso a primeira opção seja mais do seu agrado, o Galaxy S20 FE seria a sua escolha, senão o iPhone SE provavelmente vai lhe agradar mais. A diferença de preço entre eles atualmente é de R$ 200 a mais pelo modelo da Apple, que tem menos espaço de armazenamento.

As ferramentas para fazer a escolha com sabedoria estão aí. Agora é você quem decide: Galaxy S20 FE ou iPhone SE. Fique à vontade para expor e explicar a sua opção nos comentários.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.