Família Galaxy Note 20 vai ter tela maior com 120 Hz e apenas dois modelos

Por Felipe Junqueira | 11 de Maio de 2020 às 20h00
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Galaxy Note20 Ultra

Ficha técnica

A linha Galaxy Note provavelmente vai continuar com dois dispositivos este ano, o Note 20 e o Note 20+. Ou seja, nada de variante Ultra, de acordo com os rumores mais recentes. Em vez disso, a Samsung deve apostar em um Galaxy Fold 2, que seria considerado, de certa maneira, o modelo mais avançado da família — o que reforça a possibilidade de trazer uma S Pen.

A história veio à tona no perfil do Twitter de Ross Young, fundador e diretor-executivo da Display Supply Chain Consultants (DSCC, uma espécie de consultoria da cadeira de fornecimendo de displays). Ele mesmo havia dito que o Note 20 Ultra teria tela de 120 Hz, para alguns dias depois se retratar, dizendo que não haverá um modelo com este nome, em um fio que o leaker Ice Unverse endossou, dizendo que era um “vazamento altamente preciso” de Young.

O executivo revelou detalhes das telas dos outros dois modelos e encerrou com a informação de que não haverá o Galaxy Note Ultra, “mas o Galaxy Fold 2 será o seu Ultra”. Ou seja, o modelo dobrável poderá ser considerado o top da linha Note, de certa forma. Young não revelou maiores detalhes sobre o sucessor do primeiro smartphone com tela que se dobra da Samsung.

O jornalista Max Weinbach também endossou a informação, acrescentando que a “Samsung terá um display matador mais para a frente neste ano”.

Galaxy Note 20

Um mockup do suposto design do Galaxy Note 20 (Foto: Reprodução/Youtube)

Sobre os modelos que provavelmente serão lançados no segundo semestre como sucessores da linha Note 10, Young informou que os tamanhos serão aumentados e frequência de atualização de 120 Hz será opção em ambos — o que era de se esperar, uma vez que os três S20 possuem essa taxa.

O Note 20 deve ter 6,42 polegadas (contra 6,3 polegadas do Note 10) com resolução um pouco maior, para 2345 x 1084 pixels, mantendo o Full HD+, e com densidade de 404 ppi. Já o display do Note 20+ cresce para 6,87 polegadas (de 6,8 polegadas) com resolução 3096 x 1444 pixels, mantendo o QHD+ e totalizando densidade de 497 ppi.

A novidade é a taxa de atualização de 120 Hz com um recurso que o executivo chamou de LTPO (“lowest power implementation”, ou “implementação de baixa energia”).

Nada foi mencionado a respeito, mas especula-se que a ausência de um modelo Ultra na linha Galaxy Note pode significar que não haverá opção de Zoom Espacial de 100x na família. Sobre câmera, no entanto, o rumor mais forte até o momento também é uma notícia ruim: nenhum dos dois modelos deve ter a câmera ToF, de acordo com o site coreano Kipost.

Tela de 120 Hz apenas no Note 20+

Um dia depois de trazer informações mais ou menos completas sobre os displays da linha Galaxy Note 20, Ross Young voltou a falar sobre as telas dos phablets. Agora com informação oficial da Samsung, o executivo diz que apenas a variante Plus vai ter suporte à frequência de 120 Hz, enquanto o Note 20 não terá este recurso.

De acordo com Ross, o Note 20 vai manter um display LPTS, que até suporta a frequência de 120 Hz de atualização da tela, mas consome mais energia. Por isso, a Samsung manteria os 60 Hz neste modelo.

Fonte: Twitter, Kipost

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.