Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Apple testa Touch ID sob a tela, mas iPhone 15 ainda deve apostar no Face ID

Por| Editado por Wallace Moté | 03 de Outubro de 2022 às 12h30

Link copiado!

Reprodução/Canaltech
Reprodução/Canaltech
Tudo sobre Apple

O leitor de impressões digitais sob a tela avançou muito nos últimos anos em celulares Android, deixando de lado o desempenho lento para uma autenticação cada vez mais veloz e quase instantânea em smartphones de alto e médio custo. Mas se você ainda torce para a chegada do recurso ao iPhone, é melhor esperar sentado.

Seguindo previsões de outros analistas, o jornalista Mark Gurman do Bloomberg reforça que a Apple não deve se livrar do Face ID por tão cedo.

Questionado em relação ao possível retorno do Touch ID no iPhone 15, Gurman ressaltou que a empresa tem testado a tecnologia de desbloqueio biométrico por baixo da tela nos últimos anos, mas é pouco provável que vejamos isso em 2023 ou 2024.

Continua após a publicidade

O jornalista destaca que uma futura versão do iPhone SE poderia oferecer Touch ID integrado ao botão de energia na lateral do dispositivo — algo visto no iPad Mini e iPad Air —, mas não existem indícios fortes que sustentem tal expectativa.

Dessa forma, o Face ID continuará sendo o principal método de desbloqueio no iPhone para os próximos anos, uma vez que a tecnologia continua sendo extremamente ágil e segura — conseguindo até mesmo se adaptar ao uso de máscaras.

Além disso, a praticidade em desbloquear o smartphone de maneira segura apenas levantando o aparelho é algo que a maioria de competidores Android não possuem, apesar do reconhecimento facial ser visto em muitos modelos.

Fonte: Bloomberg, via BGR