A Apple quer a sua opinião: afinal, o Face ID é útil ou não?

Por Ramon de Souza | 10 de Dezembro de 2020 às 20h20
Apple

Se você possui condições financeiras boas o suficiente para já ter adquirido um iPhone 12 (ou suas variantes mini, Max ou Max Pro), não se assuste caso receba, em seu e-mail, um questionário da Apple a respeito de sua experiência com o dispositivo. Ao que tudo indica, a Maçã está, de fato, conduzindo uma pesquisa com seus consumidores para saber sua opinião sobre algumas funcionalidades e componentes que acompanham o dispositivo.

Segundo o site 9to5Mac, que teria recebido tal questionário de um de seus leitores, o formulário foca sobretudo em estudar o real grau de utilidade da tecnologia Face ID. Uma das perguntas questiona se o usuário está satisfeito com tal forma de autenticação, e, se a resposta for negativa, ele deve escolher um dentre uma série de motivos (preocupações com privacidade, baixo desempenho, ineficácia em certas situações etc.).

A Apple vai além e pergunta ainda se o cliente realmente utiliza os adesivos, a ferramenta de ejeção da bandeja de cartões SIM e o cabo USB-C/Lightning que acompanham o aparelho dentro da caixa. Vale lembrar que, antes de anunciar o iPhone 12, a companhia realizou uma pesquisa similar para entender se seus clientes consideravam importante a inclusão de um carregador na embalagem do gadget.

Ou seja: tal formulário pode moldar a próxima geração de celulares da Maçã. Rumores já apontaram que a empresa pretende, no iPhone 13, trazer o Touch ID de volta (especialmente após reclamações de usuários sobre a ineficácia do Face ID durante o uso de máscaras); será que a Apple também pretende retirar ainda mais acessórios extras da caixa de seu próximo iGadget?

Fonte: 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.