Procon exigirá que Apple dê carregador a compradores do iPhone em SP

Por Rubens Eishima | 02 de Dezembro de 2020 às 10h25
Reprodução/Apple

Após notificar a Apple sobre a remoção do carregador de parede das embalagens do iPhone, o Procon-SP anunciou que exigirá da empresa o fornecimento do acessório gratuitamente aos clientes. A informação foi publicada pela coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

Procurada pelo Canaltech, a assessoria de comunicação do órgão paulista confirmou a decisão. Mas, diferentemente do publicado pela Folha, a determinação vale para todos os modelos da marca, não se restringindo ao iPhone 12, como publicado pelo jornal.

A fundação de defesa do consumidor exigirá que o carregador seja disponibilizado para os compradores que solicitarem o acessório. A decisão deve ser válida para todo o estado de São Paulo. Caso a fabricante não cumpra a decisão, estará sujeita a multa após análise pela diretoria de fiscalização do órgão.

Para os clientes que não forem atendidos pela marca, o órgão orienta que procurem os canais de atendimento do Procon-SP, que tomará as medidas cabíveis.

O Procon-SP notificou a Apple em outubro, antes do lançamento da linha iPhone 12 no Brasil, pedindo esclarecimentos sobre a não inclusão do carregador de parede com os celulares.

Carregador de parede (e os fones) foram removidos até mesmo da caixa de modelos antigos (Imagem: reprodução/Apple)

Apple responde

Em resposta à notificação, a Apple informou que a decisão teve como objetivo "reduzir a emissão de carbono e o lixo eletrônico", pois, segundo a fabricante, os carregadores incluídos na caixa não eram utilizados já que "existem muitos desses dispositivos no mundo".

Segundo entendimento do Procon-SP, o consumidor tem a expectativa de que o celular virá acompanhado do adaptador de energia, já que ele é essencial para o uso do produto.

“É incoerente fazer a venda do aparelho desacompanhado do carregador, sem rever o valor do produto e sem apresentar um plano de recolhimento dos aparelhos antigos, reciclagem etc. Os carregadores deverão ser disponibilizados para os consumidores que pedirem”, afirmou Fernando Capez, diretor executivo do órgão paulista.

O Procon-SP anunciou ainda que exigirá da Apple um plano viável para reciclagem do produto (celular e adaptadores), incluindo propostas para logística reversa e descarte adequado.

Fonte: Procon, Folha de S.Paulo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.