Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Fallout | Como a série explora algo que os jogos não conseguem

Por| Editado por Durval Ramos | 11 de Abril de 2024 às 11h56

Link copiado!

Divulgação/Prime Video
Divulgação/Prime Video

Fallout chegou ao Prime Video adaptando a franquia de jogos da Bethesda Softworks com bastante fidelidade. Enquanto boa parte da adaptação segue os moldes dos games, mostrando um futuro pós-apocalíptico, um dos elementos mais interessantes do seriado nunca foi muito explorado nos videogames: o passado desse mundo.

Em entrevista ao site Tech Radar, Todd Howard, diretor da Bethesda e produtor executivo da série, revelou que ficou bastante animado com a ideia de a adaptação conseguir trabalhar com um período que nunca foi possível visitar nos games, que é a época anterior à explosão das bombas nucleares.

Continua após a publicidade

Um período supostamente mais tranquilo

A franquia Fallout se passa em um futuro alternativo, com visual retrofuturista, em que uma guerra entre Estados Unidos e a China foi resolvida em um cataclisma nuclear que ceifou bilhões de vidas, basicamente acabando com a sociedade como a conhecemos.

Os jogos chegam próximo desse momento chave apenas ao mostrar quando as bombas caíram, mas nunca explorando como era o mundo antes do apocalipse. Por isso, Howard ficou animado com a ideia de a série conseguir fazer exatamente isso.

"O jeito que Jonathan Nolan e todos os envolvidos exploraram como os Estados Unidos eram, com a ameaça da bomba atômica e o que uma guerra nuclear faz com as pessoas, com o preconceito contra comunistas, o que era a Vault-Tec. Eles trouxeram essa história fabulosa para a franquia Fallout", disse Howard.

Segundo o produtor, todos da Bethesda ficaram animados com as ideias, que trazem algo de novo para Fallout, ainda que parece algo que sempre fez parte dos jogos.

Boa parte da trama "pré-bomba" é mostrada pelos olhos de Cooper Howard, personagem de Walter Goggins (Justified) que se transforma em um Ghoul, um mutante com mais de 200 anos que atua como um caçador de recompensas. Na época antes da guerra, ele era um ator, que inclusive trabalhou no marketing da Vault-Tec.

Continua após a publicidade

A primeira temporada gira em torno desse personagem, da moradora do Vault 33, Lucy MacLean, interpretada por Ella Purnell (Yellowjackets) e Maximus, o escudeiro da Irmandade do Aço, interpretado por Aaron Moten.

Suas histórias de sobrevivência no que antes foi a região de Los Angeles, na Califórnia, acabam se entrelaçando, mostrando todos os perigos de um mundo devastado pela violência, radiação e ganância dos sobreviventes.

Os oito episódios de Fallout já estão disponíveis no Prime Video.