Intel lança tecnologia própria de reconhecimento facial aos moldes do Face ID

Por Wagner Wakka | 07 de Janeiro de 2021 às 17h30
Divulgação/Intel
Tudo sobre

Intel

Saiba tudo sobre Intel

Ver mais

A Intel apresentou seu próprio Face ID. Chamado de RealSense ID, a tecnologia funciona de modo parecido com o sistema da Apple, mas em um produto dedicado para ser usado em pontos de venda, sistemas de segurança e outros dispositivos para reconhecimento facial.

O RealSense ID conta com duas câmeras com sensores de profundidade, permitindo fazer um mapeamento do rosto. Junto disso, ainda há uma rede neural avançada que detecta detalhes da face e consegue autenticar a identidade do usuário.

“É uma solução que combina sensores ativos de profundidade com uma rede neural especializada desenhada para oferecer autenticação facial segura, precisa e fácil de utilizar”, explica a companhia.

A proposta da Intel é permitir o uso do aparelho em travas inteligentes, pontos de acesso, quiosques de venda e até em caixas eletrônicos. De acordo com a empresa, ele é capaz de reconhecer o rosto de uma pessoa mesmo com diferente corte de cabelo, óculos e com diferentes variações de luminosidade.

Aparelho com RealSense ID apresentado pela Intel (Foto: Divulgação/Intel) 

O RealSense ID é composto de duas câmeras e um sensor ligado à rede neural que fazem o reconhecimento de profundidade . A peça conta com um chip que processa as informações e outro voltado somente para criptografia e segurança dos dados.

O sistema foi testado em diversas condições, revela a companhia, contando com um método anti-fraude para tentativas de acesso usando fotos, vídeos e até máscaras que replicam o rosto de outra pessoa. Como a plataforma reconhece profundidade, a simples apresentação da imagem de um indivíduo não é capaz de burlar a autenticação, garante a Intel.

Ainda de acordo com a fabricante, a probabilidade de que uma pessoa consiga enganar o RealSense ID é de uma em um milhão, similar à precisão do Face ID.

Apesar de ter mostrado a tecnologia em um produto, a proposta da Intel é vendê-la para outras empresas.

Fonte: Intel

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.