EUA expandem equipe de segurança de criptomoedas para combater fraudes no setor

EUA expandem equipe de segurança de criptomoedas para combater fraudes no setor

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 04 de Maio de 2022 às 22h00
Tezos/Unsplash

A SEC (Comissão de Valores Mobiliários) dos EUA, órgão responsável pela fiscalização e regularização do mercado de capitais do país, anunciou nesta terça-feira (3) que abrirá 20 novas vagas em sua Unidade de Criptoativos e Cibersegurança, para aumentar a proteção desses setores.

Segundo o comunicado, a abertura das 20 novas vagas se dá pelo constante aumento de investidores que estão entrando no mercado de criptomoedas. Com um novo total de 50 especialistas, a agência poderá avaliar com mais atenção e eficácia os diversos golpes para proteger o setor.

O comunicado também explica quais serão as áreas a que a unidade, agora expandida, se dedicará. A agência atuará nas seguintes frentes do mercado de criptomoedas:

  • Ofertas de ativos digitais;
  • Corretoras criptos;
  • Plataformas de finanças descentralizadas (DeFi);
  • NFTs.
Biden assinou ordem executiva sobre criptomoedas a pouco menos de dois meses. (Imagem: Reprodução/Gage Skidmore/Creative Commons)

O anúncio da expansão da Unidade de Criptoativos e Cibersegurança da SEC ocorre pouco menos de dois meses após o atual presidente dos EUA, Joe Biden, assinar uma ordem executiva que pedia para empresas do país desenvolverem recomendações para proteção do mercado de criptomoedas — uma consequência dos constantes golpes que estavam sendo aplicados no setor.

Na época, a assinatura da ordem executiva por Biden foi vista como uma conquista para líderes da indústria de inovações e criptomoedas. Tomicah Tillemann, um ex-membro de Departamento do Estado dos EUA que recentemente se juntou a uma empresa de capital de risco cujo nome ainda não se tornou público, chegou a declarar ao The Washington Post que o documento inaugurava uma discussão séria e embasada sobre o tópico.

Fonte: CNET

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.