Publicidade

Criminosos usam link falso do Celular Seguro para aplicar golpes

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 20 de Dezembro de 2023 às 16h05

Link copiado!

Thom Bradley/Unsplash
Thom Bradley/Unsplash

Levou menos de 24 horas para o app Celular Seguro começar a ser usado como vetor de golpes contra os cidadãos. Em fraudes no mínimo irônicas, bandidos enviam links através de WhatsApp, redes sociais e outros mensageiros na tentativa de roubar dados ou cobrar taxas para uso da solução do governo federal que vem para coibir o roubo de dispositivos móveis.

Em publicação no X (antigo Twitter), o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) Ricardo Cappelli alertou sobre a fraude semelhante a outras que são praticadas em nome de programas e serviços do governo. Ele informou que o cadastro no Celular Seguro deve ser feito somente pelo app oficial ou através do site da plataforma — celularseguro.mj.gov.br.

Continua após a publicidade

Segundo Cappelli, os criminosos responsáveis pela prática estão sendo identificados e serão tratados na forma da lei. Além disso, o secretário deixou claro que o governo federal, responsável pelo app, não envia links diretos para cadastro no Celular Seguro, com a adesão à solução de segurança sendo voluntária.

Celular Seguro

Lançado nesta terça-feira (19) pelo governo federal, o app Celular Seguro promete bloquear contas bancárias, linhas telefônicas e serviços de forma rápida após o roubo de smartphones. A plataforma unifica os contatos do usuário, com todas as instituições sendo informadas de uma só vez, com os bloqueios acontecendo em um intervalo de 10 minutos a 24 horas.

Continua após a publicidade

O download do app pode ser feito pelas lojas oficiais do iPhone e do Android, com o app Celular Seguro também tendo uma versão para computador disponível no site oficial da plataforma. Os usuários devem evitar clicar em links enviados por terceiros para instalação do software, preferindo somente as fontes oficiais.

Acima disso, os cidadãos jamais devem preencher cadastros em sites ou apps que não sejam os oficiais do governo. Também vale lembrar que o Celular Seguro é um app gratuito, que não envolve a cobrança de taxas ou mensalidades para ser ativado ou utilizado em caso de roubo.