Conheça a vacina da empresa alemã CureVac contra COVID-19

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 08 de Maio de 2021 às 15h30
Ali Raza/Pixabay

A corrida das vacinas já mostrou avanços em relação à situação em 2020, e enquanto algumas empresas já negociam seus imunizantes com determinados países, outras ainda estão desenvolvendo suas fórmulas. É o caso da CureVac, uma pequena empresa alemã que deve anunciar em breve os resultados do último estágio de seu ensaio clínico. 

A vacina da CureVac utiliza uma molécula genética chamada RNA, que ajuda a transformar o DNA em proteínas que fazem o trabalho de nossas células. Mas, diferente de outras vacinas de RNA, como as da Moderna e da Pfizer-BioNTech, que precisam ser mantidas em freezer, a vacina da CureVac pode ser armazenada em geladeira comum. Isso pode facilitar muito o transporte.

A equipe por trás do desenvolvimento da vacina conseguiu fazer ajustes nas moléculas de RNA para que as células produzam mais proteínas. Na prática, quanto mais potente o RNA, menor a dose necessária nas vacinas. O grupo também conseguiu colocar as moléculas de RNA em bolhas de gordura para protegê-las da destruição em sua jornada até as células.

A vacina da Curevac pode mudar a situação atual da vacinação contra a COVID-19 (Imagem: Diana Polekhina/Unsplash)

O governo alemão investiu 300 milhões de euros (cerca de R$ 1,9 bilhão) na pesquisa dessa vacina. Depois que os primeiros estudos de segurança geraram dados promissores, a empresa deu início ao teste final, com a participação de 40 mil voluntários na Europa e na América Latina. No entanto, as variantes são o verdadeiro desafio dessa vacina, considerando a possibilidade de redução da eficácia.

A ideia é que a vacina possa atender a demanda de bilhões de pessoas em países de baixa e média renda que ainda não receberam imunizantes. Em outras palavras, a CureVac pode mudar a situação atual da vacinação contra a COVID-19.

Fonte: Estadão

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.