Síndrome de Ramsay Hunt | Vacina da covid não causou a doença de Justin Bieber

Síndrome de Ramsay Hunt | Vacina da covid não causou a doença de Justin Bieber

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 14 de Junho de 2022 às 17h24
Joe Bielawa/Flickr

O cantor Justin Bieber contou, na última sexta-feira (10), que estava se recuperando de uma síndrome rara chamada Ramsay Hunt. A condição resulta em paralisia no rosto e pode provocar problemas de audição e vertigem. Apesar de ser causado pelo vírus Varicela-Zóster (VZV), o quadro foi associado erroneamente como um dos efeitos adversos da vacina contra a covid-19 nas redes sociais.

Sem conexão com a vacina da covid-19, a síndrome que afeta Justin Bieber é causada pelo mesmo vírus da catapora, cientificamente conhecida como varicela, e do Herpes Zooster. O que pouca gente sabe é que, após serem infectadas, as pessoas podem continuar a conviver com o vírus, que permanece inativo no organismo. Em ocasiões oportunas e dependendo de inúmeros fatores, o agente infeccioso se manifesta.

Síndrome de Ramsay Hunt e Justin Bieber

"Quero atualizar vocês sobre o que está acontecendo. Obviamente, vocês podem ver pelo meu rosto. Tenho uma síndrome chamada Ramsay Hunt... Esse vírus ataca os nervos do meu ouvido e meus nervos faciais, e fez meu rosto ficar paralisado", explica Justin Bieber, em vídeo no Instagram.

"Como vocês podem ver, esse olho não está piscando. Não posso sorrir desse lado do meu rosto. Esse lado do nariz não se move. É uma paralisia total desse lado do meu rosto", comenta o cantor sobre os efeitos da síndrome na face.

"Para aqueles que estão frustrados pelo cancelamento dos meus próximos shows, não estou apto fisicamente para fazê-los. Isso é bastante sério, como vocês podem ver. Queria que não fosse o caso, mas é hora de cuidar do meu corpo e eu preciso pegar leve. Espero que vocês entendam", completou o músico.

Recuperação promissora

Apesar da paralisação causada pela síndrome Ramsay Hunt, cerca de 75% dos pacientes com o diagnóstico da doença — que é um sinônimo para a Herpes Zooster nos nervos da face — se recuperam completamente, quando recebem o tratamento adequado. Segundo o cirurgião plástico e cofundador da clínica Facial Palsy, Charles Nduka, a terapia pode incluir o uso de anti-inflamatórios e antivirais, dependendo do caso. Também é necessário fisioterapia.

“Com a paralisia facial, uma das coisas mais claras é que os pacientes não conseguem fechar os olhos completamente para piscar e não conseguem sorrir”, explica Nduka sobre os sinais típicos da condição, durante entrevista para a agência de notícias Reuters.

No vídeo, o cantor ainda não fecha completamento os olhos. Apesar disso, "percebi no vídeo compartilhado por Bieber que ele parece ter alguma evidência de recuperação, o que é encorajador", comenta o médico.

O que sabemos sobre o vírus Varicela-Zóster?

Síndrome de Justin Bieber pode ter sido causada pelo vírus da catapora, contraído na infância (Imagem: CDC/K.L. Herrmann)

Como já comentamos, a síndrome Ramsay Hunt é uma das possíveis complicações do vírus Varicela-Zóster e ocorre em surtos da Herpes zoster que afetam os nervos faciais. "Depois que uma pessoa teve catapora, o vírus pode permanecer inativo no corpo por muitos anos. Herpes zoster (cobreiro) ocorre quando o vírus se torna ativo novamente", detalha o Departamento de Saúde do estado do Missouri, nos Estados Unidos.

De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), este vírus pode permanecer latente por muito anos e ser reativado na idade adulta, em pessoas com a imunidade baixa ou em pacientes imunocomprometidos, como pessoas em tratamento oncológico ou que convivem com o HIV.

E como isso chegou até o cantor?

"Outra condição associada [com o vírus] é a Síndrome de Ramsay Hunt. Nesse caso, podemos ver o VZV alojado em nervos próximos aos olhos (zoster oftálmico) ou aos ouvidos (próximo ao nervo facial, importante para várias funções, como os movimentos da face)", explica a neurocientista e divulgadora científica, Mellanie Fontes-Dutra. Em 2021, a pesquisadora foi eleita uma das principais vozes brasileiras da ciência no Twitter.

De acordo com a neurocientista, "essa síndrome pode ocorrer em pessoas que tiveram histórico de catapora, sendo mais comum em adultos mais velhos, geralmente afetando pessoas com mais de 60 anos". Mellanie também afirma que "a síndrome em si não é contagiosa", já que é causada pela reativação de um vírus.

Quais são os sinais e sintomas?

Para identificar a síndrome de Ramsay Hunt, a Mayo Clinic aponta para um outro sintoma além da paralisia facial: uma erupção cutânea vermelha e dolorosa, com bolhas cheias de líquido, dentro ou ao redor de uma das orelhas. Normalmente, a fraqueza facial ocorre no mesmo lado em que a lesão surgiu.

"Normalmente, a erupção cutânea e a paralisia facial ocorrem simultaneamente. Às vezes, uma pode acontecer antes do outro. Outras vezes, a erupção nunca ocorre", explica a Mayo Clinic.

Mas pode ser um efeito da vacina da covid?

Vacina contra a covid-19 não causa a síndrome de Ramsay Hunt, relatada por Justin Bieber (Imagem: Twenty20photos/Envato Elements)

Apesar dos comentários e de algumas postagens nas redes sociais, não existem evidências que conectem a síndrome de Justin Bieber com a vacinação contra a covid-19. Inclusive, uma revisão sistemática — estudo que analisa outros artigos já desenvolvidos sobre o mesmo tema — buscou estabelecer, sem sucesso, uma relação causal entre o quadro de reativação do vírus e os imunizantes mRNA (RNA mensageiro), como a vacina da Pfizer.

Publicado na revista científica Journal of Cosmetic Dermatology, o estudo que investigou o possível efeito adverso foi desenvolvido por pesquisadores da K.S.K.V University, na Índia. "Nosso estudo não estabelece nenhuma causalidade ou vínculo definitivo, mas chama a atenção para uma possível associação entre a vacina covid-19 e o vírus da herpes zóster", afirmam os autores.

Por associação, entende-se que os dois fatos foram relatados em uma escala próxima de tempo, mas não se sabe se um deles influencia o outro. Para comprovar essa hipótese, seria necessário identificar mais do que os 54 casos incluídos no estudo. Hoje, sabe-se que o número de casos relatados da síndrome não é maior do que seria esperado na população em geral.

Vacinação contra catapora

Se a vacina contra a covid-19 não afeta o quadro, um outro imunizante pode, comprovadamente, reduzir o risco da complicação. "A vacinação contra varicela previne a doença, principalmente formas mais graves. Também previne o aparecimento do Herpes Zóster em fases mais adiantadas da vida", explica a Fiocruz. A mesma proteção vale contra a síndrome rara de Justin Bieber, já que, com isso, o vírus nunca chega aos nervos da face.

Para as crianças e adolescentes, existe a vacina tetraviral — que imuniza contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela —, disponível gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS). Também existe um imunizante específico contra o vírus da herpes zóster, segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm). Esta fórmula é licenciada para pessoas com 50 anos, sendo aplicada em dose única.

Fonte: Reuters, Estado de Missouri, SBImFiocruz, Mayo Clinic e Journal of Cosmetic Dermatology  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.