Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Semaglutida pode ter novo efeito colateral no estômago

Por| Editado por Luciana Zaramela | 28 de Julho de 2023 às 14h56

Link copiado!

LunaKate/Envato
LunaKate/Envato

A semaglutida tem sido muito procurada para a obesidade, ainda que sua aplicação original seja o diabetes. Através de relatos recentes, o remédio tem sido associado a um efeito colateral completamente novo: gastroparesia, uma condição que afeta o movimento dos músculos do estômago, tornando o órgão mais lento e impedindo que se esvazie adequadamente.

Em entrevista à CNN, alguns pacientes que fizeram o tratamento com o medicamento relataram problemas no estômago. A norte-americana Brenda Allen (42), por exemplo, contou que ainda tem problemas mesmo após ficar sem tomar remédios por quase um ano, e chegou a precisar passar pela emergência por vomitar ao ponto de atingir a desidratação.

Já Emily Wright (38) e Joanie Knight (37) foram diagnosticadas com gastroparesia grave. Os médicos apontaram que mais casos como esses estão surgindo à medida que a popularidade do medicamento cresceu.

Continua após a publicidade

Por enquanto, a estimativa é que casos extremos sejam raros, resultado do agravamento de um “estômago lento” já existente. Uma teoria é que as pessoas podem ter uma condição silenciosa chamada esvaziamento gástrico retardado e não saber, mas o que se sabe é que por enquanto não há nada nos rótulos dos medicamentos que especificamente avise que pode ocorrer gastroparesia.

O que é gastroparesia?

Normalmente, fortes contrações musculares impulsionam o alimento através do trato digestivo, mas a gastroparesia faz com que essa movimentação não funcione. A causa geralmente é desconhecida, mas o que a comunidade médica afirma é que pode ser uma complicação do diabetes.

Certos medicamentos, como analgésicos opioides e antidepressivos, também podem levar ao esvaziamento gástrico lento e causar sintomas semelhantes. Para pessoas que já têm gastroparesia, esses medicamentos podem piorar a condição.

A gastroparesia pode interferir na digestão normal, causar náuseas, vômitos e dor abdominal. Os sinais e sintomas incluem uma sensação de saciedade depois de comer apenas algumas mordidas, vômito de alimentos não digeridos ingeridos algumas horas antes, refluxo, alterações nos níveis de açúcar no sangue, falta de apetite, perda de peso e desnutrição.

Riscos da semaglutida

Os médicos já vêm apontando riscos da semaglutida. Os efeitos colaterais sentidos por alguns pacientes incluem náusea, vômitos, diarreia e constipação — sintomas, em sua maioria, gastrointestinais leves e moderados, que desaparecem após cessar o uso do remédio.

Continua após a publicidade

Vale ressaltar que, ao receber anestesia geral, também há um risco grande do usuário da semaglutida vomitar e acabar broncoaspirando, causando problemas pulmonares graves. Nesse caso, cuidados hospitalares extras são recomendados. Outras contraindicações incluem pacientes com hérnia de hiato e refluxo gastroesofágico.

Fonte: CNN Health, Mayo Clinic