Quanto tempo uma pessoa consegue sobreviver sem beber água?

Quanto tempo uma pessoa consegue sobreviver sem beber água?

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 19 de Agosto de 2021 às 11h40
Damir Spanic/Unsplash

Você já parou para questionar quanto tempo um ser humano consegue sobreviver sem água? A saúde de uma pessoa, o clima e os níveis de atividade física do indivíduo ajudam a determinar quanto tempo uma pessoa vai durar sem água. Idosos, crianças, pessoas com doenças crônicas fazem parte do grupo de risco no que diz respeito à desidratação.

Por enquanto, não há um indicador exato de quão rápido a desidratação mataria uma pessoa, mas a estimativa é que um ser humano pode sobreviver de dois dias a uma semana sem líquidos.

Segundo especialistas da Washington University, em um ambiente muito quente, um adulto pode perder entre 1 e 1,5 litros de suor por hora. Normalmente, quando uma pessoa está desidratada o suficiente para ficar doente, ela também está sofrendo de superaquecimento, o que significa que a temperatura interna do corpo está muito alta.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

De acordo com as diretrizes do Serviço Nacional de Saúde de 2009 no Reino Unido, a desidratação severa ocorre quando uma pessoa perde cerca de 10% de seu peso total devido à perda de água. Mas com perda de até 1,5 litro de água por hora em um dia quente, esse tipo de desidratação pode acontecer muito mais rápido.

(Imagem: engin akyurt/Unsplash)

Uma vez que os níveis de água de uma pessoa caem abaixo de uma quantidade saudável, os sintomas característicos aparecem:

  • Sede
  • Pele seca
  • Fadiga
  • Tontura
  • Confusão
  • Boca seca
  • Respiração acelerada

Segundo os especialistas, se a desidratação for muito severa, os pacientes ainda podem estar em choque, sem responder. Também pode haver um mal-estar generalizado. Os médicos observaram que outras condições também podem causar esses sintomas, então nem sempre está claro que a desidratação é a culpada.

Conforme os níveis de água caem dentro do corpo, o líquido é desviado para encher órgãos vitais com sangue, fazendo com que as células do organismo encolham. Conforme a água sai das células cerebrais, o cérebro se contrai e os vasos sanguíneos dentro do crânio podem se romper.

Fonte: Live Science

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.