Quando vou ser vacinado contra COVID-19? Site independente estima previsão

Por Fidel Forato | 09 de Abril de 2021 às 22h00
microgen/Envato

Até o momento, o Ministério da Saúde prevê apenas a imunização contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2) dos grupos prioritários, ou seja, aquelas pessoas com maior probabilidade de ter complicações em caso de infecção. Mesmo nesta parcela da população, ainda não há uma previsão oficial para vacinação contra a COVID-19. Essa é a mesma situação dos mais jovens e sem comorbidades, por exemplo. Agora, como saber quando é a sua hora de se vacinar?

Diante da ansiedade causada por não saber quando acontecerá a imunização de cada brasileiro contra a COVID-19, viralizou nas redes sociais uma ferramenta não oficial que calcula diariamente a previsão de quando uma pessoa deve receber a primeira dose de um imunizante contra o coronavírus.

Site aponta previsão de quando pessoa será vacinada contra a COVID-19 no Brasil (Imagem: Reprodução/Quando Vou ser Vacinado/@CoronavirusBra1)

Para isso, existem apenas três dados necessários: a idade; o estado em que o usuário reside; e a identificação (ou não) do grupo prioritário previsto no PNI (Plano Nacional de Imunização). É o necessário para saber a sua previsão individual, mesmo que pareça ser bastante otimista. 

A ferramenta "Quando vou ser vacinado?" viralizou nas redes e foi desenvolvida pelo Renan Altendorf, membro e colaborador da plataforma Coronavírus Brasil (@CoronavirusBra1). No entanto, Renan ressalta que "as previsões podem mudar diariamente e estão suscetíveis a mudanças de regras e leis da federação, estados e cidades. Informe-se nos sites dos governos e com notícias de portais confiáveis".

Sobre o funcionamento da calculadora de vacina, "o cálculo é feito pela média dos últimos sete dias de vacinação em cada estado", explica o material institucional do site. Além disso, as previsões podem ser alteradas, caso governos estaduais e municipais priorizem outros grupos de forma diferente a orientação do PNI. Ainda pensando nos grupos prioritários, "leva-se em consideração a estratégia de vacinação contra Influenza/H1N1 de 2020 disponibilizado pelo DataSUS". Outra questão é que as datas podem ser alteradas diante da falta de vacinas contra a COVID-19 no Brasil.

Para saber quando você será imunizado contra a COVID-19, clique aqui.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.