Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Por que vemos luzes e cores estranhas quando fechamos os olhos?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 25 de Janeiro de 2024 às 17h07

Link copiado!

Katelyn Greer/Unsplash
Katelyn Greer/Unsplash

Quando fechamos os olhos no escuro, é normal enxergar algumas manchas coloridas, pontos brilhantes ou mesmo luzes estranhas, dentro de um redemoinho geométrico e aleatório, por um breve período. Estas sensações são conhecidas como fosfenos, elementos luminosos que são inventados pela visão quando não há nenhuma fonte de luz visível. 

Definitivamente, essas manifestações não são reais e parecem mais uma obra feita por uma inteligência artificial (IA) alucinada. Elas costumam ser criadas, inicialmente, pela retina, a camada responsável por detectar a luz ambiente. 

A seguir, veja uma recriação dessa sensação ao fechar os olhos:

Continua após a publicidade

Se você nunca viu esse tipo de coisa, pode ficar tranquilo: também é normal, como explica Katrina Schmid, professora associada da Universidade de Tecnologia de Queensland, na Austrália.

Fosfenos na visão 

“Os fosfenos são uma parte do funcionamento dos nossos olhos”, afirma Schmid, em artigo para a plataforma The Conversation. Isso porque os olhos não “desligam” nem mesmo no escuro. Nessa condição, eles “criam sinais internos muito fracos que imitam a luz”, acrescenta.

Por sua vez, os sinais internos recém-criados são transmitidos para o cérebro, que busca interpretar essa atividade aleatória. “O cérebro não sabe que eles não foram produzidos pela luz real, então, pensamos que estamos vendo luzes coloridas e padrões que não existem. É uma espécie de ilusão”, complementa.

Basicamente, “os redemoinhos e ondas que vemos são causados ​​por mudanças na atividade dessas células do olho [quase sempre localizadas na retina]”, resume a professora.

Luzes quando apertamos os olhos

Agora, se você enxerga manchas coloridas ao esfregar os olhos, o mecanismo é um pouco diferente. O empurrar dos globos oculares pressiona, fisicamente, as células detectoras de luz. “Esta força pode criar os fosfenos”, explica. Entretanto, o mais comum é enxergar um anel de luz onde o olho foi friccionado.

Continua após a publicidade

Quando é sinal de perigo?

Enxergar esses pontos brilhantes e coloridos é normal, já que ocorrem em consequência da estimulação mecânica, elétrica ou magnética, mas, em alguns casos, podem ser um indicador de risco à saúde, especialmente quando a sensação é duradoura e frequente. Nessas condições, vale buscar a orientação de um oftalmologista. 

Afinal, os fosfenos também estão relacionados com inúmeras doenças oftalmológicas, como deslocamento da retina, degeneração macular, descolamento de vítreo posterior ou mesmo lesão cerebral traumática, segundo a Cleveland Clinic, nos EUA.

Fonte: The Conversation e Cleveland Clinic