Por que nossa barriga ronca?

Por que nossa barriga ronca?

Por Ingrid Oliveira | Editado por Luciana Zaramela | 27 de Novembro de 2021 às 08h30
Elionas2/Pixabay

Todos nós experimentamos, em algum momento, aquele barulho gástrico em nossas barrigas. E ele vem em qualquer ocasião — num encontro, em uma conversa com o chefe ou nas reuniões. Parece que está esperando o momento exato para aparecer. E sim, você já deve ter ouvido dizer que seu estômago está roncando de fome. Mas, afinal, o que realmente causa esse ruído?

Para além das especulações populares, essa situação tem o nome científico de "borborigmo" e, na verdade, não ocorre no seu estômago — sim, você foi enganado. Como explicou Laurence Bailen, professor da Escola de Medicina da Universidade Tufts, em Massachusetts, EUA, esse ruído, normalmente, “é um gás excessivo movendo-se para frente e para trás nos intestinos."

Não se assuste se isso ocorrer várias vezes durante o dia. Esse processo é comum e aparece após as refeições como parte do processo digestivo — que aumenta o funcionamento gástrico e intestinal. Apesar disso, mesmo em situações de jejum, temos essas contrações rítmicas sequenciais.

Borborigmo: ronco na barriga acontece no intestino e não no estômago (Foto: Mohamed Hassan/Pixabay)


Origem do ronco da barriga

Ainda não está claro por que sua barriga ronca quando você não come por um longo período de tempo. Segundo Bailen, isso pode significar que o corpo está tendo baixo nível de açúcar no sangue e que seus intestinos não conseguem obter nutrientes suficientes. Por isso, ele está "alertando" que você deve comer. "Colocar comida em seu sistema geralmente acalma o barulho, porque ela vai ocupar espaço e seus músculos digestivos se tornam mais focados em quebrar e absorver a comida do que em mover o ar”, explicou.

Outra possibilidade é que, ao comermos ou bebermos algo, uma quantidade de ar acompanha o alimento e se aloca em nosso trato gastrointestinal. Por isso as mães sempre dizem aos filhos: "não fale enquanto come", ou "mastigue com a boca fechada". Elas sabem das coisas!

O aparelho gastrointestinal é responsável pela digestão dos alimentos e tem estruturas que absorvem nutrientes e excretam o que o organismo não necessita, Nesse processo, os movimentos peristálticos (espécie de contração para impulsionar o que está no interior do órgão) podem causar o famoso ronco na barriga.

Diferença de ruídos

Nem sempre os barulhos no abdômen significam que está tudo bem. Diferente do "ronco de fome", algumas situações que a barriga apresente algum ruído podem significar que algo está errado. Normalmente, isso envolve doenças gastrointestinais como alterações metabólicas ou uma fase tardia de obstrução intestinal.

Alguns fatores que aumentam a fermentação de carboidratos pelas bactérias intestinais, como intolerância à lactose, à frutose e ao glúten (doença celíaca) também podem provocar um borborigmo.

De maneira geral, aquele barulho é comumente associado à fome, em algumas condições, é totalmente normal e pode acontecer de maneira suave ou intensa. Contudo, a ausência total do ruído ou uma situação muito frequente, acompanhada de outros sintomas, pode significar doenças mais sérias, que precisam de acompanhamento médico.

Fonte: Web MD

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.