Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Por que as pessoas sentem ressaca?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 28 de Setembro de 2021 às 15h42

Link copiado!

Blake Wisz/Unsplash
Blake Wisz/Unsplash

Você já acordou com a famosa ressaca depois de uma noite de bebedeira? Além da fadiga e da forte dor de cabeça, os sintomas físicos de uma ressaca incluem aumento da sensibilidade à luz e ao som, dores musculares, vermelhidão nos olhos e sede. A pessoa com ressaca também pode se sentir suada, tonta e extremamente irritável. Mas por que ela existe? O que a ciência tem a dizer sobre?

Segundo os especialistas, a culpa da ressaca está nos congêneres, que são subprodutos químicos do processo de fermentação do álcool (como metanol, isopentanol e acetona), encontrados principalmente em bebidas como vinho tinto, conhaque, bourbon, uísque e cerveja. Embora aumentem o sabor e o cheiro do álcool, os congêneres também causam as ressacas. Um estudo de 2009 descobriu que pessoas que beberam bourbon (que contém 37 vezes mais congêneres do que a vodka) tiveram uma ressaca mais severa do que aquelas que beberam quantidades semelhantes da bebida russa.

Biologicamente, os problemas da ressaca se resumem principalmente à desidratação. Segundo os cientistas, o álcool é um diurético, o que significa que ajuda o corpo a se livrar dos fluidos. Quando você tem uma ressaca severa, pode ficar gravemente desidratado e o corpo não consegue se livrar dos subprodutos do álcool metabolizante. É a desidratação que causa fadiga, dor de cabeça, boca seca, náuseas e vômitos.

Continua após a publicidade

Além da grave falta de água em seu corpo, beber irrita muito o revestimento do estômago, relaxa os músculos da parte inferior do esôfago, causando refluxo, e tem um efeito depressivo nas células cerebrais, o que gera falta de coordenação, diminuição do tempo de resposta e tontura. Ele também reduz o açúcar no sangue, e estar hipoglicêmico ainda pode fazer você se sentir fraco.

Como lidar com a ressaca

A recomendação, além de prestar atenção na quantidade de álcool ingerido, é beber um copo d'água entre cada bebida alcoólica, para assim combater a desidratação. Dormir bastante depois da bebedeira também pode ajudar a mitigar sintomas como fadiga e dor de cabeça. Comer bem também é importante, para que seu corpo não absorva o álcool tão rapidamente como faria com o estômago vazio. De manhã, beber muita água e comer algo com alto teor de carboidratos e açúcar para aumentar os níveis de glicose no sangue também é uma recomendação dos médicos.

Fonte: Everyday Health, Mayo Clinic