Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Piscar melhora visão e promove estimulação da retina

Por| Editado por Luciana Zaramela | 12 de Abril de 2024 às 11h46

Link copiado!

Jonathan Safa/Unsplash
Jonathan Safa/Unsplash

Piscar é um detalhe curioso, porque é como respirar: acontece o tempo todo sem a gente perceber, e só de falar sobre, já interrompe e atrapalha esse processo "automático". Mas você sabia que essa prática pode ser muito mais benéfico do que pensávamos? Segundo um novo estudo divulgado na PNAS, piscar melhoa a visão e aumenta o poder de estimulação da retina.

Segundo os pesquisadores da Columbia University (EUA), o simples ato de piscar os olhos já é suficiente para aumentar a visibilidade de forma significativa.

"Piscar os olhos não é simplesmente um mecanismo para refrescar o filme lacrimal, mas atua como um estágio de processamento de informações. Ao modular a entrada visual para a retina, as piscadas reformatam efetivamente as informações espaciais no domínio temporal, produzindo sinais que enfatizam informações de baixa resolução sobre a estrutura global da cena visual", diz o artigo.

Continua após a publicidade

Até então, o que se acreditava era que piscar pudesse interromper a atividade dos neurônios que respondem a estímulos visuais, e não de uma forma positiva. No entanto, a descoberta chega para discordar dessa impressão.

"Ao contrário da suposição comum, o piscar de olhos facilita — em vez de perturbar — o processamento visual", esclarece a pesquisa. O grupo completa que esse "aprimoramento perceptivo ocorre independentemente dos sinais motores associados às piscadas".

Os benefícios de piscar os olhos

Para descobrir esses benefícios de piscar os olhos, o grupo de pesquisadores usou um rastreamento ocular de alta resolução. Ao todo, 12 pessoas participaram do experimento, em que precisaram visualizar imagens em uma tela.

Os cientistas perceberam que as piscadas aumentam a força dos sinais visuais de entrada e ajudam a modular a intensidade da luz que chega na retina.

Segundo a American Optometric Association (AOA), as pessoas piscam completamente em uma situação normal, mas quando estão no computador, piscam de forma incompleta. Dessa forma, a borda da pálpebra superior não entra em contato com a pálpebra inferior, então a película de lágrimas não se espalha por toda a córnea.

A associação sugeriu que essa diferença poderia ajudar a explicar o aumento de sintomas como a fadiga ocular e olho seco.

Continua após a publicidade

Isso só reforça a importância de cuidar da visão na era digital, principalmente se considerarmos as descobertas do novo estudo: não podemos subestimar o ato de piscar, importante e benéfico para a visão de modo geral.

Fonte: PNAS, American Optometric Association (AOA)