Phillips traz ao Brasil novas luminárias que usam raios UV contra o coronavírus

Phillips traz ao Brasil novas luminárias que usam raios UV contra o coronavírus

Por Natalie Rosa | Editado por Douglas Ciriaco | 12 de Março de 2021 às 12h25
Phillips

A Phillips acaba de lançar no Brasil três novidades para o setor de iluminação UV-C, com foco na desinfeção do ar, objetos e superfícies para a eliminação de bactérias e vírus, inclusive o coronavírus. Com os produtos, os consumidores poderão ter uma proteção a mais em locais fechados, seja em suas próprias casas ou em escritórios, clínicas, indústrias, transporte e escolas.

As soluções foram lançadas sob a marca Signify e a eficácia das fontes de luz UV-C na inativação do coronavírus (SARS-CoV-2) foi comprovada em testes realizados pela Universidade de Boston, nos Estados Unidos. De acordo com os estudos, os raios UV-C conseguem quebrar o DNA ou o RNA de microorganismos como vírus e bactérias, fazendo com que eles se tornem inofensivos à saúde humana. A pesquisa mostrou que a inativação do vírus foi de 99% em apenas seis segundos em uma dose baixa de iluminação, e com uma dose alta a desinfecção seria de 99,99% em apenas 25 segundos.

Imagem: Divulgação/Phillips

"Nossos resultados de testes mostram que, acima de uma dose específica de radiação UV-C, os vírus foram completamente inativados: em questão de segundos, não conseguimos mais detectar nenhum vírus. Estamos muito animados com essas descobertas e esperamos que isso acelere o desenvolvimento de produtos que possam ajudar a limitar a disseminação do COVID-19", diz Anthony Griffths, professor de microbiologia e um dos responsáveis pelo estudo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A exposição aos raios UV-C pode ser prejudicial para e pele e para os olhos, mas a Phillips projetou a tecnologia com todos os requisitos de segurança necessários. As lâmpadas da Signify funcionam emitindo um pico de radiação a 254 nanômetros, conheça as três versões disponíveis:

Câmara de desinfecção UV-C

Desenvolvida para o uso em portarias de condomínios e edifícios comerciais, a câmara de desinfecção é ideal para desinfetar, em poucos segundos, crachás de visitantes, telefones e smartphones, bolsas, carteiras e laptops, além de objetos que são entregues em recepções. A câmara também pode ser usada em lojas para desinfetar itens que são tocados e devolvidos, como peças de vestuário e acessórios

Veículo de desinfecção UV-C

A Phillips também lançou o veículo de desinfecção UV-C sem sensor nas versões de um ou dois braços, que foram projetados para a desinfetar até 36 metros quadrados de área circular e 20 metros quadrados de área quadrada. Conta ainda com controles de segurança integrados com cronômetro para a programação do processo, controle remoto e alarme por voz. Os veículos também podem ser instalados em escritórios, hotéis, bancos e diferentes comércios.

Luminárias para a desinfecção do ar

As luminárias podem ser usadas para desinfetar o ar, mesmo com as pessoas dentro do ambiente, por serem instaladas a uma certa distância dos locais, contando ainda com uma blindagem especial que trazem uma proteção extra contra a exposição da luz.

Com as luminárias, o ar da parte superior do local é desinfetado através da radiação e com o fluxo natural do ar, sendo o seu uso indicado para escritórios, escolas, lojas, academias, além de outros cômodos que acabam recebendo muitas pessoas.

Os três produtos já estão disponíveis no Brasil.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.