Pessoas totalmente vacinadas têm três vezes menos chances de contrair COVID-19

Pessoas totalmente vacinadas têm três vezes menos chances de contrair COVID-19

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 04 de Agosto de 2021 às 11h41
Jcomp/Freepik

Um novo estudo do Imperial College London traz uma reflexão preocupante: pessoas totalmente vacinadas contra a COVID-19 possuem chance três vezes mais baixa de testar positivo para a doença, mas esse risco ainda existe.

A pesquisa coletou 98.233 swabs entre 24 de junho e 12 de julho, e descobriu que as pessoas que já tomaram as duas doses podem ter menos probabilidade de transmitir o vírus a outras do que aquelas que não receberam a vacina, devido a ter uma carga viral menor em média e, portanto, propagar menos a doença.

Pessoas totalmente vacinadas têm chance três vezes menor de contrair COVID-19, segundo estudo britânico. No entanto, esse risco ainda existe (Imagem: RF._.studio/Pexels)

Embora o estudo aponte que pessoas totalmente vacinadas não são tão raras quanto se pensava, as duas doses de uma vacina ainda oferecem boa proteção contra infecção. "Podemos ver que ainda existe o risco de infecção, já que nenhuma vacina é 100 por cento eficaz, e sabemos que algumas pessoas totalmente vacinadas ainda podem ser infectadas", apontam os pesquisadores britânicos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A conclusão dos cientistas é que, mesmo com a flexibilização das restrições e com as vacinações, ainda é necessário agir com cautela para ajudar a proteger uns aos outros e reduzir a taxa de infecções. O estudo completo pode ser encontrado aqui.

Fonte: Science Alert

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.