Publicidade

O que acontece com o cérebro quando se tenta ler em um lugar barulhento

Por| Editado por Luciana Zaramela | 07 de Junho de 2023 às 18h18

Link copiado!

Viktor Forgacs/Unsplash
Viktor Forgacs/Unsplash

Em novo estudo publicado na Plos One, pesquisadores fizeram a seguinte pergunta: o que acontece com o cérebro quando se tenta ler em um lugar barulhento? Na prática, distrações como conversas ou ruídos de trânsito diminuem a velocidade de leitura, mas não afeta a forma como o órgão compreende o texto escrito.

Para chegar a essa descoberta, o grupo analisou os efeitos do ruído auditivo e distrações visuais, como erros de digitação ou má formatação. Com isso, os pesquisadores descobriram que lidar com palavras confusas aumenta a velocidade de leitura, possivelmente o processo de leitura fica mais irritante e surge a vontade de finalizá-la rapidamente.

Os pesquisadores realizaram dois experimentos: um com ruído auditivo (71 participantes) e outro com ruído visual (70 participantes). Dispositivos de rastreamento ocular foram usados ​​para estudar a fluência de leitura.

Continua após a publicidade

Durante o experimento de ruído auditivo, as conversas sobrepostas faziam com que as pessoas passassem mais tempo olhando para a seção principal das frases antes de concluir a leitura. Esse tempo extra pode compensar o ruído, o que significa que a compreensão da frase não é afetada.

Já no teste de ruído visual, a compreensão permaneceu a mesma, mas a velocidade de leitura aumentou. Uma das teorias de processamento de linguagem examinadas foi o modelo de canal ruidoso, que indica que nosso cérebro lida com o ruído olhando mais para o significado de palavras individuais e menos para frases inteiras.

A segunda teoria é que, o cérebro não está analisando cada detalhe de um texto, mas apenas pegando palavras suficientes para um entendimento mínimo, preservando assim alguns recursos cognitivos para lidar com o ruído.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Curiosidades científicas do cérebro

Anteriormente, estudos já foram responsáveis por trazer à tona diversas curiosidades do cérebro, o órgão mais complexo do corpo humano. Para se ter uma noção, o órgão é capaz de prever as palavras que outra pessoa vai dizer. Na ocasião, os pesquisadores compararam dezenas de algoritmos de machine learning com informações cerebrais que mostram como os circuitos neurais funcionam quando uma pessoa lê ou ouve a linguagem.

Outro estudo aponta que o cérebro está constantemente tentando adivinhar a próxima palavra, tanto quando se lê um livro quanto no momento em que se ouve um discurso.

Fonte: PLOS ONE, Science AlertPNAS