O que acontece com nosso corpo durante o sexo?

O que acontece com nosso corpo durante o sexo?

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 01 de Julho de 2021 às 14h10
Sasin Tipchai/Pixabay

Não é de hoje que a ciência se concentra em trazer à tona as respostas que o corpo tem ao sexo. Na verdade, lá na década de 1960, os pesquisadores William Masters e Virginia Johnson inventaram o termo "ciclo de resposta sexual", que descreve o que acontece no corpo humano durante essa prática. 

Esse ciclo diz respeito a quatro fases. A primeira fase é chamada de Excitação, em que o coração bate mais rápido e a respiração fica mais pesada. Além disso, a pele pode ficar vermelha. O sangue flui para os órgãos genitais e os músculos de todo o corpo ficam tensos. Já a segunda fase é o Platô, onde as mudanças no corpo se intensificam e a respiração, os batimentos cardíacos e a pressão arterial aumentam, assim como a tensão muscular, que aumenta ainda mais.

A terceira fase desse ciclo é chamada de Orgasmo, onde a excitação sexual atinge seu ápice, com direito a uma série de contrações musculares intensas enquanto seu corpo libera a tensão. Os músculos das genitálias se contraem. A última fase consiste na resolução, onde se gasta energia reprimida, o corpo retorna ao seu estado pré-sexual e a respiração se acalma. Os músculos relaxam e os órgãos sexuais voltam ao tamanho e cor originais. As pessoas podem se sentir calmas, satisfeitas ou cansadas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: jcomp/Freepik)

Mas claro que esse ciclo de quatro fases é uma maneira bastante resumida de descrever a resposta sexual humana, e o modelo de resposta sexual recebeu algumas atualizações ao longo dos anos. No final dos anos 1970, a terapeuta sexual Helen Singer Kaplan adicionou a fase de desejo ao ciclo. Em sua opinião, as pessoas precisam estar emocionalmente prontas para o sexo.

Em 2001, Rosemary Basson, professora de medicina sexual na University of British Columbia (Canadá), criou um modelo circular de resposta sexual. Suas ideias principais são que as pessoas fazem sexo por muitos motivos diferentes, não apenas por excitação. E cada parte do ciclo não precisa acontecer em uma ordem específica.

De qualquer forma, os especialistas recomendam que, se estiver insatisfeito com sua vida sexual, é preciso falar com seu médico. Se o problema não for físico, seu médico pode encaminhá-lo a um terapeuta sexual para ajudá-lo a resolver qualquer problema emocional, de relacionamento ou psicológico que esteja afetando sua vida sexual.

Fonte: WebMD

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.