SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

O melhor horário para tomar café, segundo a ciência

Por| Editado por Luciana Zaramela | 24 de Maio de 2023 às 12h41

Link copiado!

ArtRachen/Envato
ArtRachen/Envato

Nesta quarta-feira (24), é comemorado o Dia Nacional do Café, a bebida mais querida pelos brasileiros. A data simboliza justamente a importância que o grão tem para o país, já que está presente em diversos momentos do cotidiano, em variadas formas de consumo. Mas você sabe qual é o melhor horário para tomar café? A ciência tem uma resposta!

Antes de tudo, precisamos falar de um hormônio chamado cortisol: secretado pelas glândulas suprarrenais, é ele quem regula o metabolismo de proteínas, gorduras e açúcares, e aumenta quando estamos prestes a acordar. Basicamente, nos deixa alerta ao usar mecanismos de estresse, preparando o corpo para o dia.

Embora as pessoas tenham o costume de beber café o quanto antes, ao acordar, estudos sugerem que a melhor hora para isso é quando o nível de cortisol está mais baixo. Isso acontece cerca e três a quatro horas depois de acordar, o que significa que, se você acorda por volta das 6h30, o melhor horário seria às 9h30, aproximadamente.

Continua após a publicidade

Outra razão pela qual especialistas recomendam atrasar o café da manhã é que a cafeína pode justamente aumentar os níveis de cortisol. Se o hormônio atingir níveis elevados por longos períodos, isso pode prejudicar o sistema imunológico e facilitar o surgimento de problemas de saúde.

De qualquer forma, os aumentos induzidos pela cafeína no cortisol tendem a ser reduzidos quando se consome a substância regularmente. Ainda assim, se você estiver disposto a mudar seu ritual matinal, pode descobrir que atrasar a ingestão de café por algumas horas pode dar mais energia.

Qual a melhor temperatura para tomar café?

Continua após a publicidade

Mas então qual seria a temperatura ideal para tomar café? Em estudo publicado na Nature no último mês de novembro, pesquisadores observaram que a temperatura tem pouco efeito na adequação percebida da intensidade do sabor, sensação na boca e acidez, mas sim um leve efeito na intenção de compra do cliente, com os dados mostrando uma tendência ligeiramente crescente à medida que o café passou de 56 °C para 64 °C. No entanto, essa taxa de aprovação cai quando a temperatura é maior que 71 °C.

Anteriormente, estudos já ressaltaram benefícios do café. Para se ter uma noção, a bebida pode reduzir risco de morte precoce, ajudar na queima de gordura e reduzir riscos de diabetes ou alzheimer. Confira como o cafezinho pode beneficiar sua saúde.

Fonte: Nature, Sprudge, ScienceNorway, Healthline