Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Nova variante de gripe suína é detectada em humano no Reino Unido

Por| Editado por Luciana Zaramela | 27 de Novembro de 2023 às 13h58

Link copiado!

Kenneth Schipper Vera/ Unsplash
Kenneth Schipper Vera/ Unsplash

Uma cepa da influenza H1N2 — similar à que tem infectado porcos e, portanto, recebe o apelido de gripe suína — foi detectada em humanos pela primeira vez no Reino Unido. A variante, que recebe o nome específico de A(H1N2)v, foi descoberta durante monitoramentos de segurança para a gripe após um paciente procurar o hospital com sintomas respiratórios.

O infectado relatou ter sintomas moderados, e já se recuperou da doença. A Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA), no entanto, ainda não sabe como a infecção ocorreu, e o caso ainda está sendo investigado. Segundo as autoridades do país, estão sendo realizados esforços para detectar os contatos próximos aos do indivíduo infectado e reduzir ao máximo o espalhamento. Criadores de porcos também receberam um alerta para ficarem atentos a sintomas nos animais sob o seu cuidado.

Gripe suína pelo mundo

Continua após a publicidade

Ao redor do globo, um total de 50 casos de A(H1N2)v foram detectados desde 2005, mas nenhum deles com ligação genética à cepa detectada no caso do Reino Unido. De início, os cientistas descobriram indicações de que a variante seria de um grupo distinto, chamado 1b.1.1, diferente dos casos mais recentes da infecção em humanos, mas semelhante à dos porcos das ilhas britânicas.

A cepa A(H1N2)v da influenza também é diferente da que causou uma pandemia em 2009, chamada de influenza A H1N1(pdm09), que ficou conhecida como gripe suína. Ela surge em humanos até hoje sazonalmente, com picos de infecção em determinados períodos do ano. Essa variante também é diferente das que circulam atualmente nas populações de porcos pelo mundo.

Fonte: UK Health Security Agency