Moderna desenvolve vacina polivalente contra gripe, covid-19 e VSR

Moderna desenvolve vacina polivalente contra gripe, covid-19 e VSR

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 11 de Setembro de 2021 às 18h00
Elements/stevanovicigor

Nesta semana, a empresa de biotecnologia Moderna divulgou as inúmeras iniciativas em que está trabalhando com a tecnologia de mRNA (RNA mensageiro). Além do já tradicional imunizante contra a covid-19, a farmacêutica norte-americana busca desenvolver vacinas contra a gripe (influenza) e o vírus sincicial respiratório (VSR) — um agente infeccioso comum, que afeta vias respiratórias (tratos superior e inferior) de bebês. Além disso, fórmulas contra o câncer e doenças raras também estão em testes.

Quanto às soluções contra os vírus respiratórios, a Moderna pretende dar um passo além e desenvolver uma vacina combinada, que mescla a proteção contra a covid-19, a gripe e o VSR, a partir de um único imunizante. No entanto, ainda não há um prazo para que esta super fórmula chegue aos testes clínicos (em humanos).

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Por outro lado, essa composição bastante experimental já foi testada em camundongos e os resultados dos testes pré-clínicos foram positivos, segundo a empresa. Para essa imunização tripla, os pesquisadores da Moderna combinaram 6 tipos de mRNA. Mais detalhes ainda devem ser divulgados.

Farmacêutica Moderna desenvolve vacina única contra gripe, covid-19 e RSV (Imagem: Reprodução/Rawf8/Envato)

Única vacina da Moderna contra vírus respiratórios

“As vacinas de combinação respiratória são um pilar importante de nossa estratégia geral de vacinas de mRNA", afirmou o CEO da Moderna, Stephane Bance, em nota sobre a aposta de uma única solução contra diferentes tipos de vírus respiratórios.

"Acreditamos que as vantagens das vacinas de mRNA incluem a capacidade de combinar diferentes antígenos para proteger contra vários vírus e a capacidade de responder rapidamente à evolução de vírus respiratórios, como influenza, SARS-CoV-2 e VSR", detalha Bance. 

"Nossa visão é desenvolver uma vacina combinada de mRNA para que as pessoas possam obter uma injeção a cada queda [de níveis de imunidade] para proteção de alta eficácia contra os vírus respiratórios mais problemáticos", completa o CEO sobre os novos rumos da Moderna.

Vale lembrar que a vacina da Moderna contra a covid-19 foi um dos primeiros imunizantes a serem desenvolvidos e concluírem os testes clínicos no mundo. Além disso, foi uma das primeiras fórmulas a adotar a tecnologia de mRNA, com sucesso, oferecendo imunizantes seguros e eficazes. O uso é autorizado, nos EUA, desde dezembro de 2020.

Vacina contra covid-19 e gripe

Um passo antes de combinar a proteção contra três vírus respiratório em uma única fórmula, a Moderna deve lançar, em breve, os estudos clínicos de Fase 1 de uma vacina que protege contra a gripe e a covid-19. Por enquanto, o imunizante recebe o nome de mRNA-1073.

Para o futuro dessa fórmula, a empresa de biotecnologia também deve concluir os testes clínicos de uma vacina específica contra a gripe, a mRNA-1010. A fórmula é tetravalente, ou seja, protege contra quatro tipos de cepas do vírus, que foram estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Está em andamento o estudo de Fase 1/2 e foram incluídas pessoas com mais de 18 anos. 

Fonte: Reuters e Moderna (1) e (2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.