Brasil tem primeiro caso provável de hepatite misteriosa

Brasil tem primeiro caso provável de hepatite misteriosa

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 01 de Junho de 2022 às 21h05
Ruwanof/Envato Elements

O Ministério da Saúde confirmou, nesta semana, o primeiro caso provável de hepatite aguda grave de origem desconhecida no Brasil. Para confirmar oficialmente o caso da inflamação misteriosa no fígado, que acomete crianças e adolescentes, as autoridades aguardam o resultado de exames.

Segundo nota da Saúde, o possível caso de hepatite aguda misteriosa foi registrado no município de Ponta Porã, no estado do Mato Grosso do Sul, em uma mulher com menos de 17 anos. Até o momento, a idade não foi divulgada.

Conforme dito pelas autoridades de saúde, a paciente apresentou os seguintes sintomas:

  • Febre;
  • Icterícia (olhos e peles ficam amarelados);
  • Mal-estar;
  • Náuseas.

Atualmente, "a paciente segue em recuperação, sendo monitorada pelas equipes de vigilância em saúde", informa a pasta.

Em fase de investigação, Brasil aponta para possível caso de hepatite misteriosa (Imagem: CDC/Thomas F. Sellers/Emory University)

Entenda o caso provável da doença no Brasil

Até a última sexta-feira (27), o Ministério da Saúde contabilizava 92 casos suspeitos da hepatite misteriosa, sendo seis óbitos. Desse total de casos, apenas 16 foram descartados e os outros seguem em investigação. Na contagem, está somado este possível caso.

Para acompanhar a evolução da inflamação do fígado em crianças e adolescentes brasileiros, a pasta instalou uma Sala de Situação. "A iniciativa tem como objetivo apoiar as investigações para identificar as possíveis causas", explica a Saúde.

Vale comentar que uma notificação deve passar por três estágios até se confirmar oficialmente a doença. Inicialmente, o paciente é colocado como suspeita da hepatite. Em seguida, é um quadro provável, ou seja, comprova-se que os sintomas são compatíveis com a doença. Por fim, ocorre a confirmação. Para isso, é necessário ter exames laboratoriais com resultado positivo.

Casos globais da hepatite de origem desconhecida

No dia 26 de maio, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou a sua última atualização sobre os casos misteriosos de hepatite no mundo. No total, são 650 casos prováveis e outros 72 ainda estão em fase de análise preliminar (suspeitos). Atualmente, a condição que afeta o fígado já foi registrada em 33 países.

O que sabemos sobre a doença?

Os cientistas e as autoridades de saúde ainda investigam o que leva ao quadro misterioso. Por exemplo, sabe-se que três quartos (75,4%) dos casos são registrados em crianças com menos de 5 anos e a maioria destes indivíduos não foi vacinada contra a covid-19, por exemplo. Além disso, dos 156 casos com informação de internação, 22 (14,1%) foram internados em uma UTI, sendo que alguns passaram por transplante de fígado.

No momento, a principal hipótese é de que a condição grave seja causada por um adenovírus. "No geral, 181 casos foram testados para adenovírus por qualquer tipo de amostra, dos quais 110 (60,8%) deram positivo", informa a OMS.

Fonte: Ministério da Saúde e OMS   

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.