Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Fabricante do Ozempic tem pílula que torna mais eficaz a perda de peso

Por| Editado por Luciana Zaramela | 12 de Março de 2024 às 10h10

Link copiado!

cavanimages/Envato
cavanimages/Envato

O Wegovy, remédio injetável para perda de peso, ganhou holofotes nos últimos tempos. No entanto, na última quinta-feira (7), a própria fabricante — Novo Nordisk — anunciou uma pílula com potencial para ser duas vezes mais eficaz em ajudar a emagrecer. No estudo clínico, os participantes mostraram uma eliminação de 13,1% do peso após 12 semanas.

A aposta da farmacêutica é amicretina, que conta com um modo de ação diferenciado do semaglutida GLP-1, comercializado como Wegovy para perda de peso e Ozempic para diabetes. O injetável é administrado semanalmente, mas a nova pílula precisa ser tomada uma vez ao dia.

A fabricante confirmou que o medicamento é seguro, sem efeitos adversos que fujam do que já é esperado por estudos com as outras fórmulas.

Continua após a publicidade

Como funciona a amicretina

A amicretina funciona da seguinte maneira: simula o hormônio intestinal redutor do apetite GLP-1, ao mesmo tempo que imita outro hormônio chamado amilina, que desempenha um papel importante no controle dos níveis de glicose no sangue após as refeições, ajudando a regular a liberação de glicose na corrente sanguínea.

Nas palavras do próprio vice-presidente executivo de desenvolvimento da Novo Nordisk, Martin Holst Lange, a amicretina tem o “potencial de mostrar a mesma eficácia e segurança que o CagriSema”, outro medicamento da empresa que tem como alvo a amilina.

Amicretina é melhor que Wegovy?

Nos estudos anteriores, o Wegovy alcançou uma redução média de peso de 14,9% ao longo de 68 semanas, em pacientes não diabéticos com obesidade. Outro estudo indicou perda de peso de 15% após 68 semanas de tratamento.

Com isso, a farmacêutica vê a novidade com bons olhos: a amicretina parece atingir os resultados mais rapidamente do que o outro método, uma vez que nesse tempo de 12 semanas, o Wegovy levou a uma perda de peso de cerca de "apenas" 6%, ou seja: metade da eficácia da nova solução da dinamarquesa.

Mas estamos falando apenas de um estudo inicial. Além de obter mais dados futuramente, a empresa tem na mira um estudo para observar a eficácia da Amicretina na forma injetável. Ainda não há uma data concreta, mas os executivos afirmaram que isso deve ocorrer já no próximo ano.

Continua após a publicidade

Wegovy e Ozempic

Os injetáveis desenvolvidos pela Novo Nordisk já mostraram benefícios que vão muito além da perda de peso. Na última segunda-feira (11), por exemplo, a FDA aprovou o wegovy para reduzir risco de doenças cardíacas

O comunicado do principal órgão de saúde dos EUA diz que a fórmula pode ser utilizada para “reduzir o risco de morte cardiovascular, ataque cardíaco e acidente vascular cerebral [AVC] em adultos com doenças cardiovasculares e obesidade ou excesso de peso”.

Já um artigo da Cardiovascular Drugs and Therapy estima que medicamentos que têm a semaglutida como princípio ativo (como é o caso do Wegovy) têm potencial para reduzir o número de pessoas com obesidade. 

Continua após a publicidade

Fonte: Fierce Biotech