Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Exercícios na meia-idade revertem anos de sedentarismo

Por| Editado por Luciana Zaramela | 03 de Maio de 2024 às 15h20

Link copiado!

Frans van Heerden/Pexels
Frans van Heerden/Pexels

Você está na faixa dos 40 a 50 anos? Não é tarde demais para começar uma rotina de atividades físicas. Um artigo publicado na PLOS Medicine na última quinta-feira (2) mostra que os exercícios na meia-idade podem reverter anos de sedentarismo.

Os cientistas da Austrália acompanharam 11 mil mulheres dessa faixa etária que passaram a fazer pelo menos 150 minutos de atividade física por semana, ao longo de 15 anos. Quem seguiu essa rotina de forma consistente apresentou melhores resultados de saúde física do que quem não a fez — mesmo que não praticasse exercícios regularmente antes da meia-idade.

Continua após a publicidade

Na verdade, entre as pessoas que já faziam exercícios antes e as que começaram na meia-idade, os resultados foram bem semelhantes, com uma diferença de apenas 3% na saúde.

Exercícios na meia-idade

Por enquanto, os estudos foram conduzidos apenas com mulheres. Então os pesquisadores pretendem fazer pesquisas no futuro envolvendo os homens na meia-idade. Ainda assim, o pensamento é que os benefícios podem ser semelhantes com esse outro público também.

Só tem um porém: as mulheres que começaram a praticar exercícios físicos apenas aos 60 anos não observaram os mesmos benefícios do que aquelas que começaram aos 50 anos.

E vale dizer, ainda, que uma limitação do estudo é que foram as próprias participantes que preencheram questionários sobre suas atividades físicas.

Exercícios compensam sedentarismo

De modo geral, os exercícios encorajam a fazer exercícios — não importa quando, não importa quanto tempo: começar é melhor que simplesmente não fazer. Essa lógica se aplica à informação de que 2,2 mil passos por dia já reduzem efeitos do sedentarismo, por exemplo. 

Continua após a publicidade

Se você trabalha sentado e passa cerca de 10 horas sentado, fazer cerca de 30 a 40 minutos por dia de uma atividade intensa já é suficiente para compensar esse tempo de sedentarismo.

A lição que tiramos com esse novo estudo da  Austrália é que, ok, quanto antes você aderir a uma rotina de exercícios, melhor, mas não tem problema começar aos 40 ou 50 anos: ainda haverá benefícios.

Fonte: PLOS Medicine