Publicidade

Estudos sugerem que vitamina D melhora sintomas de depressão

Por| Editado por Luciana Zaramela | 22 de Agosto de 2022 às 16h26

Link copiado!

E_mikh/Envato Elements
E_mikh/Envato Elements

Cientistas de diversas universidades, após a análise de uma série estudos sobre a vitamina D, sugerem que ela pode aliviar sintomas de depressão a curto prazo. Importante para o bom funcionamento do corpo, várias evidências ligam a falta da substância a problemas de saúde mental, embora as conclusões sobre seu impacto na melhora dos pacientes ainda não sejam definitivas.

O estudo em questão é uma meta-análise de 41 pesquisas anteriores envolvendo a vitamina D, que ajuda a regular várias funções do sistema nervoso central, mas também controla os níveis de cálcio e fosfato no corpo. Em animais, há evidências de que ela contribui para o equilíbrio de substâncias químicas no cérebro, o que ajuda a explicar a associação entre a vitamina D e a saúde mental.

Continua após a publicidade

Melhora nos sintomas ou placebo?

Como as conclusões sugerem um alívio dos sintomas da depressão em pessoas que já apresentavam diagnóstico da condição, os cientistas acreditam que o estudo irá encorajar mais testes clínicos em pacientes, o que pode possibilitar um melhor entendimento dos papéis da vitamina D em tratamentos como esse.

Combinando as análises feitas pelos pesquisadores, chega-se ao número de 53.235 participantes, tanto com depressão quanto sem a condição, com alguns deles tomando suplementos de vitamina D e outros recebendo placebo. As condições físicas das pessoas analisadas eram variadas. As doses tipicamente estavam entre 50 a 100 microgramas por dia.

Nos participantes que já haviam sido diagnosticados com depressão, os suplementos de vitamina D se mostraram mais efetivos do que os placebos no alívio de sintomas, além de ser melhores a curto prazo (abaixo de 12 semanas). Em pessoas saudáveis, no entanto, os placebos tiveram um impacto um pouco mais significativo nos sintomas depressivos.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

O estudo contendo a meta-análise foi publicado na revista científica Critical Reviews in Food Science and Nutrition.

Controvérsias

A depressão é a doença incapacitante mais comum, afetando 280 milhões de pessoas por ano, sendo que antidepressivos não são efetivos para todos os pacientes. Com os efeitos benéficos de suplementos com vitamina D ajudando em quadros mais graves e medianos (ou seja, com sintomas clinicamente relevantes), temos mais uma opção de tratamento contra a condição.

Continua após a publicidade

Não há, no entanto, consenso científico que prove que a falta de vitamina D cause depressão, e os vários estudos individuais têm abordagens diferentes no tratamento, dificultando conclusões mais generalizadas. É necessário realizar estudos com doses diferentes, com durações de tratamento variadas e em populações diferentes para garantir os efeitos salutares de um suplemento vitamínico no tratamento da depressão.

Fonte: Food Science & Nutrition, J. Clin. Med.