Em época de Coronavírus, desenvolvedora lembra que Plague Inc. é só um jogo

Por Rafael Rodrigues da Silva | 27 de Janeiro de 2020 às 20h15

Com o Coronavírus cada vez mais presente nas manchetes de todos os sites, jornais e revistas, e cientistas de todo o mundo tentando descobrir de que forma ele está se espalhando e o que fazer para evitar o contágio, e o medo obrigou um personagem inesperado vir a público dar uma declaração sobre a doença: uma empresa desenvolvedora de jogos de videogame.

A Ndemic Creations, desenvolvedora do jogo Plague Inc. (no qual o objetivo é criar um vírus capaz de acabar com toda a população mundial) divulgou uma declaração oficial lembrando os fãs do game de que ele não oferece uma representação científica de como um vírus funciona, e que ele não deve ser usado para se “estudar” os próximos passos do vírus.

O texto lembra que, apesar do jogo ter sido desenvolvido para ser “realista” e “informativo”, ele não foi criado para sensacionalizar possíveis epidemias do mundo real, e que ainda que a empresa entenda que os jogadores se apoiem no jogo para tentar entender as complexidades envolvidas em epidemias virais, é preciso lembrar que Plague Inc. é apenas um game.

A empresa recomenda ainda que os jogadores que querem entender mais sobre como o Coronavírus funciona esqueçam do jogo e procurem as autoridades locais e mundiais de saúde, e forneceu alguns links para sites de organizações do tipo para que os jogadores possam ter informações corretas sobre o assunto.

Mesmo que Plague Inc. seja reconhecido pelas autoridades de saúde pela qualidade com que lida com o assunto de pandemias, é preciso lembrar sempre que ele é apenas um videogame feito para entreter e divertir, e por isso ainda está longe de ser um simulador real do comportamento de doenças.

Fonte: Ndemic Creations

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.