Efeitos colaterais da 3ª dose contra covid são iguais aos da 2ª, diz CDC

Efeitos colaterais da 3ª dose contra covid são iguais aos da 2ª, diz CDC

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 29 de Setembro de 2021 às 17h50
Freepik

Pessoas que receberam a terceira dose da vacina contra a covid-19, nos Estados unidos, vêm relatando os mesmos efeitos colaterais sentidos após a segunda dose, de acordo com informações do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças).

O estudo foi feito entre os meses de agosto e setembro, quando as doses de reforço da vacina foram recomendadas para pessoas que haviam sido imunizadas com as duas doses da Pfizer ou Moderna, e que têm o sistema imunológico comprometido. Entre os efeitos colaterais relatados por 12.600 voluntários estão inchaço ou dor no local da aplicação (79,4%), febre ou dor de cabeça (74,1%).

Imagem: Reprodução/FabrikaPhoto/Envato Elements

Segundo os autores do estudo, as reações foram leves e moderadas, relatadas com mais frequência no dia da aplicação ou no dia seguinte. O CDC revela que poucas pessoas relataram ter recebido uma dose adicional do imunizante da Janssen (Johnson & Johnson), ou ainda de uma vacina diferente da qual receberam as duas doses, o que não trouxe dados suficientes para investigar esses efeitos colaterais.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ao todo, cerca de 2,2 milhões de pessoas foram imunizadas com a terceira dose nos Estados Unidos até o dia 19 de setembro, quando o estudo chegou ao fim. Na última semana, o governo já autorizou a aplicação da dose de reforço para a população em geral.

Confira o estudo no site do CDC.

Fonte: The New York Times

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.